• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Setor Bugiganga

Estudo diz que estamos carregando o celular da forma errada (e isso irritou a internet)

Desvendamos a polêmica que envolve as maneiras corretas de carregar o celular.

Se liga na polêmica do dia. Está pipocando em alguns sites especializados em tecnologia, dicas de como usar corretamente a bateria do seu celular, isso para garantir uma vida útil decente mais longa.

Mesmo sendo baseado em um estudo feito por um empresa especializada em baterias, a Cadex Eletronics, as informações estão sendo desacreditadas pelos leitores.

Antes de esclarecermos as coisas, veja quais são as 4 dicas:

1. Evite manter o celular na tomada, mesmo quando ele já estiver nos 100%

Segundo o estudo, essa atitude pode prejudicar a bateria a longo prazo (ou seja, diminuir os ciclos de funcionamento). Isso porque, para se manter em 100%, ela fica num estado de “alta tensão”, e isso não é indicado para baterias de íon de lítio (como as de smartphone modernos).

“Quando a bateria estiver totalmente carregada, retire-a do carregador. Isto funciona como relaxar os músculos depois de realizar um exercício cansativo” – revela o estudo.

Vale ressaltar que dormir com a bateria carregando não chega a ser um “problema”, pois existe um sistema que corta o fluxo de energia entre o cabo e a bateria, mas isso só acontece quando ela chega aos 100% – e aí entramos no item 2.

2. Evite carregar a bateria até 100%

Está é outra atitude que, segundo o estudo, vai prejudicar consideravelmente o poder de carga da sua bateria, pelos mesmos motivos citados no item anterior.

“As baterias de íon de lítio não precisam ser totalmente carregadas, e nem é desejável que se faça isso, porque gera uma alta tensão na bateria” – informa os especialistas.

3. Carregue a bateria sempre que possível

Muita gente acredita que carregar o celular antes dele ter sua carga zerada pode viciar a bateria. O estudo aponta justamente o contrário. Segundo as informações, o ideal seria carregá-lo sempre que ele perde 10% de bateria. Polêmico, né? O melhor mesmo é evitar deixar a bateria com carga abaixo de 20% ou acima de 80%, essa é a dica de ouro.

4. Evite esquentar demais o telefone

As baterias atuais são bastantes sensíveis ao calor. O estudo alerta que, ao perceber um calor excessivo no aparelho, deve-se tirar a capinha protetora, e evitar que o celular fique em exposição a luz solar.

Cadê a polêmica?

O que vem causando discussões são as outras informações já propagadas pela rede à respeito da bateria, que vão na contramão do recomendado pelo estudo.

Por isso precisamos conhecer “A BATERIA DE ÍON DE LÍTIO”

O que muita gente esquece é que as novas baterias feitas de íon de lítio são muito mais modernas que as usadas nos aparelhos antigos, da época do Baby da Telesp Celular, lembra?

Com essa nova tecnologia, segundo os técnicos da Apple, essa história de viciar a bateria não existe. O que acontece nas baterias de lítio, é um processo químico prejudicial caso elas funcionem no seu limite (ou muito cheia ou quase zerada).

Ou seja, deixar o celular na tomada mesmo quando ele atinge os 100%, não é prejudicial por um motivo: porque o carregamento para caso a bateria esteja com a carga completa. Mas é prejudicial pelo fato de deixar que a carga chegue até esse limite “perigoso” (entre 80% e 100%), isso diminui a vida útil da bateria.

Por isso o indicado, ainda segundo a Apple, é deixar seu celular sempre com carga acima de 20% e abaixo de 80%. E isso vale mesmo se teu celular funcionar com outro sistema, como o Android, por exemplo.

E afinal, o que são os “ciclos da bateria”?

Segundo o site da Apple, cada bateria tem uma autonomia de carregamento de (mais ou menos) 500 ciclos. Cada vez que você usa 100% da sua bateria, equivale a um ciclo gasto.

Ou seja, se hoje você carregar seu celular até 80% e terminar o dia com 30%, gastou 50% no total. Amanhã você faz a mesma coisa, recarrega a bateria até 80% e termina o dia com ela, novamente, com 30% de carga. Gastou outros 50%. Juntando os dois dias, você gastou 100% da bateria, ou seja, um ciclo completo.

Veja o modelo criado pela própria companhia:

Agora você tem 499 ciclos disponíveis. Isso não indica que quanto usar os 500 ciclos o celular pare de funcionar, mas provavelmente ele perderá seu poder de carga.

Fonte(s): Olhar Digital, Business Insider, Apple, Stack Exchange
Redação - Almanaque SOS
Sempre tem jeito. Acompanhe o SOS também pelo Facebook, Instagram e Twitter

Tá na rede!

Quero mais!

Veja mais artigos!

Em caso de chefe
clique aqui