• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Atitude Coletiva

chevron_left
chevron_right

Estudo científico mostra o jeitinho certo de pedir desculpas

6 passos para consertar uma pisada de bola e garantir o perdão.

Se você é daqueles que costuma sempre meter os pés pelas mãos e vive dando várias mancadas por aí, preste atenção! Apesar de não ser uma tarefa das mais legais de se fazer, pedir desculpas é realmente necessário nessas ocasiões.

Muita gente ensaia mil vezes antes de pedir perdão e se enrola quando precisa ser humilde e admitir os seus erros. Mas mais uma vez, veio a ciência e descobriu que há uma maneira certeira de pedir desculpas. E não é dançando Justin Bieber.

fad18d30-5b34-0133-4cfd-0e3f8b958f63

Um grupo de especialistas da Ohio State University publicou no site Wiley Online Library os resultados de um estudo que revelou o segredo para um infalível pedido de desculpas.

De acordo com os pesquisadores, existem seis truquezinhos que você precisa fazer para mandar bem na hora de consertar uma mancada que foi dada. Segundo eles, com essas dicas, a reconciliação entre os envolvidos tem muito mais chance de acontecer.

Se liga nos pontos que, segundo o estudo, devem ser abordados no seu pedido de desculpas:

  • Mostre que está arrependido de verdade;

  • Explique o que houve de errado;

  • Assuma os seus erros;

  • Declare que você deu mancada;

  • Ofereça ajuda para consertar a situação;

  • Peça perdão.

Perdoe-me

A Pesquisa

Na pesquisa, 744 voluntários foram apresentados a uma situação de mentirinha na qual um candidato a um novo trabalho confessava que pisou na bola no antigo emprego.

Os participantes do estudo ouviram uma série de pedidos de perdão diferentes, e fizeram um ranking com os que foram melhores e mais convincentes.

O pedido de desculpas que usou todos os conselhos citados foi bem aceito, mas os que davam a decisão final, que foram os mais sinceros e dignos de perdão, segundo os voluntários, foi aquele que usou dois elementos: assumiram o erro e ofereceram uma forma de solucionar o problema.

Já quem apenas pediu perdão convenceu menos e desagradou os participantes do experimento.

“Desculpas podem parecer baratas. Mas ao dizer ‘eu vou consertar o que está errado’, você se compromete a agir para desfazer o prejuízo”. – concluiu um dos especialistas envolvidos no projeto, Dr. Roy Lewicki

Segundo os pesquisadores, com esses 6 “ingredientes”, além de você conseguir ser desculpado mais facilmente, ainda vai mostrar sinceridade e pró-atividade na hora de modificar alguma bagunça que você mesmo criou com seus erros.

Agora que já sabe disso, seja humilde e capriche na hora em que for chegar na pessoa.

Fonte(s): Galileu, Mental Floss
Felipe Gatto
Jornalista apaixonado por viajar e se aventurar por aí. Pensar na vida, defender o amor e falar sobre artes também é comigo mesmo.

Tá na rede!

Quero mais!

Veja mais artigos!

Em caso de chefe
clique aqui