• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Setor Bugiganga

Estão transformando animais de estimação mortos em pingentes e relíquias de vidro

E humanos também!

Terça-feira (14) morreu a gatinha mais rabugenta da internet, Grumpy Cat, deixando uma legião de fãs, além dos criadores. Só quem já perdeu um animal de estimação sabe o quão dolorida essa situação pode ser. Quando os pets morrem, deixam um vazio imenso na vida de seus cuidadores e só o tempo mesmo é capaz de amenizar a dor da perda.

Até que isso aconteça, é comum que a gente se apegue a boas lembranças com os bichinhos: fotos, vídeos, algum brinquedo que eles gostavam… tudo pode ajudar a manter viva a memória deles.

A empresa estadunidense Davenport Memorial Glass pensou em uma alternativa para, simbolicamente, manter por perto quem a gente tanto amou e já se foi – e vale para pets e humanos.

Eles fabricam relíquias de vidro que carregam dentro cinzas (de animais ou pessoas) e podem ser utilizadas como pingentes, já que as peças são delicadas e pequenas.

Modelo padrão para cinzas de cachorros:

Modelo padrão para cinzas de gatos:

Modelo padrão para cinzas de humanos:

Além dos modelos prontos disponíveis na loja, a empresa fabrica outros formatos, sob encomenda. As peças tradicionais variam de US$45 a US$158 dólares (cerca de R$183 a R$645); mas a empresa aceita apenas encomendas dos Estados Unidos, porque é o único serviço postal que lida com cinzas de cremação.

Apesar do criador das relíquias não divulgar como desenvolveu a técnica, fica a dica para quem está pensando em empreender no Brasil – claro, com um precinho mais amigável.

 

Fonte(s): Revista PEGN, Buzznick
Daiane Oliveira
Redatora, feminista e mãe. Discute religião, política, sexo e hábitos sustentáveis. Não discute futebol porque não entende. Quem sabe um dia.

Tá na rede!

Quero mais!

Veja mais artigos!

Em caso de chefe
clique aqui