• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato

Atitude Coletiva

chevron_left
chevron_right

Essa incrível e emocionante animação vai explodir a sua mente (em apenas 3 minutos)

A poderosa história do dragão Drugo e um reino entregue à violência.

Dario C L Barbosa Publicado: 20/07/2016 13:31 | Atualizado: 20/07/2016 13:39

O mundo já enfrentou em sua história duas grandes guerras devastadoras. Mas diante de nossos olhos, uma outra batalha vem se desenrolando silenciosamente e de forma violenta: a guerra às drogas.

A Global Comission on Drug Policy, que tem como objetivo discutir o combate às drogas de uma maneira humana à um nível internacional, produziu um incrível vídeo de animação lúdica. Nele, fazem uma elegante analogia utilizando um dragão como personagem principal.

O assombroso Drugo, nome do dragão, é visto como um poderoso vilão. A comunidade, assustada, encontrou algumas formas de derrotar o poderoso monstro. A analogia se dá porque esse combate é muito parecido com a maneira que lidamos com as drogas, assim como suas consequências.

O filme de pouco mais de 3 minutos passa com clareza a ideia central de como deveria ser o verdadeiro combate às drogas. Dá só uma olhadinha!


A história da guerra as drogas

Era uma vez, num Império muito poderoso, um dragão chamado Drugo. Muitas pessoas adoravam a companhia deste gigante animal e passavam horas do dia ao seu lado.

O problema foi que, essas pessoas, começaram a exagerar e passar tempo demais com Drugo, esquecendo-se de seu trabalho, suas famílias e até de si mesmos.

O Rei então concluiu que Drugo era o responsável pelo sofrimento de muitas famílias, e declarou uma verdadeira guerra contra o animal, que havia se tornado o inimigo número 1 do reino.

O pobre dragão foi obrigado a fugir e se esconder na floresta, mas de nada adiantou, pois apesar de proibido, o número de cidadão interessados em Drugo só aumentava.

Assim, surgiram grupos armados interessados em lucrar com essa história, cobrando por cada visita a Drugo, gerando mais crimes e corrupção.

Além desses grupos começarem a lutar entre si, causando mais violência, foi decretado que qualquer pessoa que tivesse contato com Drugo, deveria ser presa.

Isso resultou em calabouços cheios de pessoas que, apesar de pacíficas, eram tratadas com desprezo e agressividade, mesmo aquelas que dependiam de Drugo para sobreviver.

O Rei então investiu ainda mais nessa guerra, montando um grande exército para acabar, de vez, com o grande problema do reino.

Foi então que eles perceberam que, quanto mais combatiam Drugo, mais forte ele ficava, assim como os grupos armados do reino.

Deu-se inicio então a uma grande e cruel batalha, que se alastrou aos outros reinos da região.

Após 5 décadas de mortes e pobreza, alguns governantes resolveram, finalmente quebrar o tabu.

Este foi o início da mudança. As pessoas reconheceram que o maior problema não era o dragão e sim a violência. As pessoas baixaram as armas e começaram a pensar sem medo.

Drugo então, voltou ao seu tamanho original.

Os cidadão perceberam que alertar e cuidar de quem sofria por conta do Drugo era mais inteligente que matar e encarcerar pessoas numa guerra sem fim.

O reino não viveu feliz para sempre, mas todos entenderam que viver sem Drugo é uma utopia, mas um reino com menos violência e sofrimento não.

Fonte(s): Youtube
Dario C L Barbosa
Fundador e editor do Almanaque SOS. Paulistano, formado em Comunicação Social, trocou os anos em redes de rádio e televisão pela internet em 2012. Vegetariano, meditante e ecossocialista na luta por consciência e equidade. ( Twitter - Instagram ).

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui