• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Vai, planeta!

Essa gambazinho deu um recado muito importante e fez sucesso nas redes sociais

A nossa vida não é como um desenho animado. Nem a dos gambás.

Nos desenhos animados, basta um gambá chegar para a multidão entrar em pânico. Tem até quem tome banho dentro de um barril com um prendedor de roupas no nariz.

Mas a vida real não é bem assim, além dos diversos casos de atropelamento, algumas pessoas estão colocando a vida desse animal indefeso em risco por puro preconceito.

Por isso o gambazíneo tem um recadíneo para você:

Segundo informações do InfoEscola, os principais predadores do gambá são o gato-do-mato e o homem. O gambá é um marsupial, que geralmente vive em florestas mas consegue de adaptar bem em ambientes frequentados por seres humanos.

Por este motivo, casos onde o animal invade residências são bastante comuns. E por desconhecer o assunto, muitas pessoas acabam matando o bichinho, com medo de seu famoso jato de fedor. Mas o que poucos conhecem é que ele só é liberado quando o animal se sente ameaçado, pois essa é a única maneira dele se defender dos predadores.

Também, conforme informou a página Catioro Reflexivo, o atropelamento é outro problema. A época de reprodução dos gambás pode ocorrer até 3 vezes por ano. A gestação dura apenas 13 dias e depois a fêmea carrega seus filhotinhos em sua bolsa (tipo canguru).

Essa “bagagem” extra torna o animal lento e mais vulnerável a acidentes envolvendo os carros da estrada, que provavelmente dividiu o habitat deles ao meio. Então, vamos seguir o conselho do gambazinho e prestar mais atenção nas estradas e zelar pela vida desse animal, mesmo se ele estiver dando um rolê no seu quintal.

Ele finaliza, “é isso, serumaninhos, compartilhem essa mensagem”.

Fonte(s): Catioro Reflexivo - Facebook, InfoEscola
Redação - Almanaque SOS
Desvendando o dia a dia. Acompanhe o SOS também pelo Facebook, Instagram e Twitter

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui