• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Setor Bugiganga

Facebook revelou que sabe exatamente quando vamos começar a namorar

Claro que usam essas informações para lucrar ainda mais.

O Facebook é um dos lugares mais populares para anunciar aos quatro ventos que você finalmente conseguiu “desencalhar”.

Mas saiba que antes mesmo de você mudar seu status de relacionamento ou até mesmo oficializar de fato a relação, a rede social já sabe quando estamos apaixonados e ainda quando estamos prestes a assumir um namoro.

Essa revelação nada romântica foi feita pela equipe de Cientistas de Dados do Facebook, através da publicação de um estudo desenvolvido pela própria rede social.

De acordo com Carlos Diuk, líder da equipe de pesquisadores, os casais que assumiram namoro pelo Facebook tiveram mudanças na quantidade e no conteúdo das postagens, tanto antes quanto depois da mudança no status de relacionamento.

Além disso, foram constatados outras mudanças de comportamento que, de acordo com a pesquisa feita pelos cientistas digitais da plataforma, são indícios claros que o mozão finalmente bateu à porta.

Paixão na Timeline

O estudo, chamado de “A Formação do Amor“, analisou cerca de 18 milhões de publicações na rede, feitos por cerca de 460.000 casais.

A equipe do Facebook descobriu que nos 100 dias antes do anúncio do namoro, há um aumento lento e gradativo do número de publicações entre as Timelines do futuro casal. Ou seja, torna-se mais comum você publicar coisinhas na página dele ou dela e vice-versa.

Segundo os cientistas, o auge da troca de postagem ocorre 12 dias antes do anúncio, com uma média de 1.67 posts por dia.

Contudo, após a mudança do status – quando você finalmente coloca “em relacionamento sério”, o número de postagens cai drasticamente. O nível mais baixo acontece 85 dias depois da mudança de status, quando a média de posts ficou em 1.53 por dia.

Número de publicações na timeline. | Dias antes/depois do relacionamento  | Solteiro/Em um relacionamento

Menos interação virtual, mais amor real

De acordo com o estudo, foram usadas técnicas para analisar o conteúdo das postagens e avaliar qual a proporção entre palavras consideradas boas, como amor, bom, feliz, etc., em comparação com palavras negativas, como odeio, magoado, mal, etc., no período antes e depois do casal se unir.

Foi observado um crescimento de palavras mais positivas poucos dias antes da mudança de status e um grande salto no primeiro e segundo dia do namoro.

Os cientistas também afirmaram que os casais passaram a interagir menos na rede social após começarem a namorar, provavelmente porque passavam mais tempos juntos e não precisavam mais recorrer a rede social para conversar e demostrar seu amor.

Também é importante mencionar que a interação com outras pessoas também tende a diminuir, afinal, a gente bem sabe como preferimos gastar nosso tempo no começo do namoro, certo?

 “Ao que tudo indica, os casais decidiram passar mais tempo juntos, a fase da paquera terminou e as interações online dão lugar a mais interações no mundo físico”. – revela o estudo.

Nível de emoções positivas | Dias antes/depois do relacionamento  | Solteiro/Em um relacionamento

“Não era amor, era…publicidade

E não vá pensando você que o Facebook foi atrás dessas informações com o intuito de fazer uma homenagem no aniversário de namoro do casal daqui há alguns anos.

Depois do escândalo do vazamento de dados privados de cerca de 87 milhões de usuários da rede social, não fica difícil imaginarmos o motivo de tal pesquisa. Conforme já falamos (e alertamos) neste artigo, todas as informações coletadas são transformadas em milhões de dólares na conta do titio Zuckerberg.

Segundo a Forbes, a inteligência artificial ao ver que os status mudaram para “em um relacionamento”, passa a direcionar às duas pessoas anúncios “para casais”, como por exemplo chocolates, flores, restaurantes e motéis.

Os cientistas do Facebook ainda dizem que em breve deverão realizar outro estudo, desta vez para abordar os dados dos términos de relacionamento.

Fonte(s): The Atlantic, Daily Mail, businessinsider, Forbes, Venture Beat, G1
Rui Davi
Comunicador baiano que toca guitarra e ainda espera ser um astro do Rock. Enquanto isso, se contenta em escrever. Fã de boas histórias. Faz roteiros, fotografa, edita videos, canta e sapateia.

Tá na rede!

Quero mais!

Veja mais artigos!

Em caso de chefe
clique aqui