• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato

Vai, planeta!

18 Dicas fáceis para conseguir viver sem usar plástico no dia a dia

Reunimos as melhores dicas para conseguir viver com o menor consumo plástico possível.

Ederson Oliveira Publicado: 11/09/2020 16:00 | Atualizado: 11/09/2020 16:13

Reunimos as melhores dicas para conseguir viver com o menor consumo de plástico possível e, assim, colaborar com a preservação do meio ambiente – e humana! São dicas simples que podem ajudar (e muito) o planeta.

 

O plástico tomou conta do planeta. Ele está presente em milhares de embalagens de produtos e até na nossa dieta, na forma de microplásticos (ingerimos até 121 mil partículas de plástico por ano, segundo reportagem da BBC).

A ONU aponta que o mundo produz cerca de 300 milhões de toneladas de lixo plástico por ano. Desse montante, apenas 9% é reciclado!

Ou seja, a humanidade gera muito mais plástico do que consegue reutilizar e reciclar.

Muitos são os impactos sociais e ambientais desse material. Nos oceanos, ele pode provocar ferimentos na vida marinha, bem como se fragmentar em pedaços cada vez menores e cair na cadeia alimentar (chegando na nossa mesa, quando consumimos frutos do mar). Esse é o maior desafio ambiental do século XXI, segundo reportagem do Estadão.

Pensando nisso, um grupo familiar do Reino Unido criou a Less Plastic, uma organização sem fins lucrativos que visa ajudar as pessoas a entenderem a importância de consumirem menos plástico. Eles são inspiração para uma mudança positiva nos hábitos de vidas das pessoas, com inúmeras ações de conscientização.

Reunimos as dicas do projeto, sobre como viver com o menor consumo possível de plástico e, assim, colaborar com a preservação do meio ambiente. São dicas simples e que ajudam, e muito, o planeta. Tome nota!

 

1. Não use canudos de plástico em suas bebidas.

Canudos de inox são boas opções.

 

2. Prefira encher sua garrafa de água reutilizável, ao invés de comprar garrafas plásticas.

 

3. Opte sempre por produtos de uso duradouro, como ecobags e copos duráveis.

 

4. Evite sachês de plástico, as embalagens maiores consomem menos plástico.

Se tiver opção de vidro, faça essa escolha.

 

5. Talheres descartáveis geram plástico desnecessário.

Prefira talheres tradicionais, de inox.

 

6. Certifique-se que as embalagens que você usa são biodegradáveis.

Isopor é muito difícil reciclar. No exemplo abaixo, uma embalagem biodegradável feita com cogumelos.

Material District, https://materialdistrict.com/article/grow-your-own-mushroom-based-design-materials/

 

7. Use sua própria marmita, ao invés de consumir uma descartável todo dia.

 

8. Evite usar sacolas plásticas para acondicionar as suas compras de mercado.

Aposte nas caixas de papelão ou ecobags.

 

9. Use embalagens de vidro para guardar os alimentos em casa.

 

10. Substitua o plástico bolha por papel na hora de proteger produtos e encomendas.

O bom e velho jornal pode ajudar nessa horas.

 

11. Prefira produtos de limpeza e higiene naturais, que não venham embalados em plástico.

Uma boa ideia é fazer você mesmo. Sobre produtos de limpeza feitos em casa, além do uso do trio: vinagre, bicarbonato de sódio e limão, o Almanaque SOS já divulgou algumas receitas:

Para produtos de higiene, já publicamos:

 

12. Já pensou em substituir o absorvente íntimo por um coletor menstrual?

Aliás, o coletor menstrual é maravilhoso em viagens.

 

13. Troque barbeadores descartáveis por navalhas de aço inoxidável.

 

14. Use escovas de dente e cabelo feitas de material biodegradável, como bambu.

 

15. Evite tecidos sintéticos. Eles liberam muitas microfibras no ambiente.

Inclusive, existe um produtinho que pode ajudar nisso, o Cora Ball. Mas prefira optar por tecidos biodegradáveis.

 

16. Procure opções de desodorante natural, que não usam embalagens plásticas.

Como dito anteriormente, temos diversas receitas de desodorante natural.

Desodorante natural.

 

17. Prefira sorvetes na casquinha, ao invés de copos de plástico.

 

18. Se precisar levar lanches para a rua prefira os não embalados, como frutas.

Muita frutas já vem embaladas naturalmente!

 

Inspire as pessoas ao seu redor a consumirem menos plástico. Fazer o nosso papel é fundamental para diminuir a produção de poluentes no planeta.

Mas vale lembrar que no âmbito coletivo, mais do que reciclar, devemos priorizar não produzir. O planeta agradece!

Ederson Oliveira
Biólogo, sempre disposto a bater um papo de boteco sobre ciência, tecnologia, meio ambiente, livros e afins.

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui