• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Sem Crise!

Se você está desempregado, então tem direito a transporte público gratuito em São Paulo

O bilhete é fácil de retirar e dá passe livre ao Metrô e CPTM.

Como um desempregado consegue dinheiro para pagar a condução e ir procurar emprego se ele está… desempregado?

Acontece que, em São Paulo, trabalhadores desempregados tem o direito de utilizar (alguns) transportes públicos sem pagar nada por isso. Pois é, quase ninguém sabe disso.

Ficamos surpresos ao ver uma publicação no Facebook, com cerca de 13 mil compartilhamentos (até essa publicação) de pessoas que desconheciam o benefício.

Tanto para utilizar o Metrô ou CPTM de graça, a pessoa que está desempregada deve comprovar ter sido demitida da empresa, sem justa causa, há no mínimo um mês e no máximo seis meses. Também precisa ter trabalhado continuamente por no mínimo 6 meses na mesma empresa.

Preenchendo esses requisitos, basta apresentar alguns documentos (listamos abaixo) que comprovem sua situação, em um dos postos de cadastro. Em ambos os casos, será entregue um bilhete especial ao cidadão, que dará passe livre total aos transportes, válido por 90 dias. Este bilhete é único, não podendo ser renovado, mesmo em caso de perda, roubo ou deterioração.

Mas vale apenas para Metrô e CPTM. Pelo número 156, entramos em contato com a entidade responsável pelos ônibus da cidade, SPTrans, mas fomos informados que a iniciativa “bilhete do desempregado” não está mais disponível para esse tipo de transporte.

Para mais informações sobre o benefício, clique aqui (metrô) e aqui (CPTM).

  • CPTM – Posto de Cadastro: Estação Barra Funda. De segunda a sexta-feira (exceto feriados), das 08h às 16h.

  • Metrô – Posto de Cadastro: Estação Marechal Deodoro. De segunda a sexta-feira (exceto feriados), das 08h às 16h.

Documentos necessários:

  • Carteira de Identidade;

  • Carteira de Trabalho, com baixa do último emprego;

  • Termo de Rescisão do Contrato de Trabalho, sem justa causa.

Fonte(s): Cidadão SP, Cidadão SP, Ana Beatriz Souza - Facebook
Redação - Almanaque SOS
Sempre tem jeito. Acompanhe o SOS também pelo Facebook, Instagram e Twitter

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui