• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato

Sinta-se Bem

13 Formas criativas para se desculpar com seu filho de maneira exemplar

Pisou na bola com uma criança? Confira essas dicas legais para se desculpar com criatividade!

Denisson Soares Publicado: 14/05/2021 11:22 | Atualizado: 14/05/2021 12:01

Não se desculpar com uma criança pode gerar traumas terríveis. A seguir, veja dicas pedagógicas para se desculpar com os pequenos, sejam os filhos, sobrinhos, netos, etc., ensinando lições importantes para o resto da vida.

 

Sem dúvidas, uma das formas mais simples e marcantes de ensinar algo aos pequenos é por meio do exemplo, afinal, crianças são como um espelho. Contudo, quando o assunto é pedir desculpas, muitos pais/avós/tios/adultos evitam fazer isso.

Para alguns, dizer “me desculpe” para uma criança, ou filho, vai minar sua credibilidade e diminuir sua autoridade. Porém, além de ser um pensamento falso, essa forma de educar acaba sendo um tanto irresponsável.

Crianças que crescem em um lar onde adultos nunca se desculpam podem ter uma ideia deturpada das coisas. A situação traumática piora quando são obrigadas a se desculparem, enquanto os pais não fazem o mesmo.

Em situações assim, os filhos podem pensar que quando estiverem em uma posição de autoridade jamais precisarão se desculpar. Ou que mesmo machucando alguém não existe a necessidade de pedir perdão.

Então, que tal mudar isso? A seguir, selecionamos algumas dicas pedagógicas para você se desculpar com seu filho ou uma criança, ensinando algumas lições para ele levar para o resto da vida. Veja só!

 

13 Formas de se desculpar com uma criança

1. Crie um caderninho do amor para dizer que sente muito de maneira especial. Aproveite para dedicar algumas páginas para destacar os motivos pelos quais você a ama e que reconhece sua falha. Também vale fazer tudo isso em forma história!

 

2. Prepare um café da manhã especial com os lanches que a criança mais goste. Experimente escrever uma mensagem pedindo desculpas pelo ocorrido reafirmando seu amor por ela.

 

3. Se o/a pequeno/a gosta de brincadeiras do tipo caça ao tesouro, aproveite e crie uma série de mensagens secretas com um mapa para que ele a encontre. Em cada mensagem, deixe um motivo que a faz ser tão especial para você e, no “tesouro”, um pedido de desculpas com uma mensagem de carinho.

 

4. Se você discutiu com a criança, prepare a roupa preferida dela e deixe na cama com um convite para fazer algo que ele goste como, por exemplo, ir ao cinema, na sorveteria ou em um parque. Lembrando que vivemos um período de pandemia, então, é melhor deixar essa ideia para quando for possível sair com segurança, ok?

 

5. Use e abuse de notas auto adesivas. Aliás, uma dica legal é tentar torná-las o mais engraçadas possível. Se a criança for um pouco mais velha, melhor ainda, já que vai reconhecer seu esforço e criatividade.

 

6. Use doces (ou a comida que ela mais gostar) para pedir desculpas. Se der para colocar um pequeno pedido de desculpas dentro, melhor ainda. Outra sugestão é personalizar algo e servir de surpresa.

 

7. Monte uma peça de teatro! Essa é uma forma muito lúdica e marcante para pedir desculpas para crianças mais novas, uma vez que ajuda na compreensão da situação. Você pode reproduzir uma situação semelhante e mostrar como seria o comportamento correto.

 

8. Marionetes e fantoches também são muito úteis, afinal, eles ajudam a contar histórias. Então, por que não usá-los para pedir desculpas?

 

9. Escreva uma nota no caderno escolar e dê um presente de desculpas. Por exemplo, peça perdão pelo erro e diga a criança que quando ele voltar do colégio vai fazer a sobremesa que ele tanto gosta, por exemplo.

 

10. Encomende um quadro com os 10 motivos pelos quais aquela criança é importante para você. Depois, pendure no quarto dela com um pedido de desculpas.

 

11. Grave um vídeo, afinal, também é forma de se desculpar que pode ser personalizada. Essa é uma ideia que pode ser usada naqueles casos em que adulto precisou sair sem poder se despedir ou viajar a trabalho, tendo que cancelar algo que faria com a criança. 

 

12. Transforme seu pedido de desculpas em música e cante para a criança (um rock ou funk para o adolescente, talvez?).

 

13. Se domina um pouco algumas ferramentas de computação, veja se consegue criar uma animação explicando o erro e o arrependimento.

 

Extra: Apenas peça desculpas. Além das formas criativas, apenas pedir desculpas frenta-a-frente, olho-no-olho, demonstrando arrependimento e afeto de maneira transparente é a maior lição de humildade que você pode dar ao pequeno.

 

Considerações importantes

Vale lembrar que não importa muito qual a maneira você escolheu para se desculpar com seu filho ou uma criança. O mais importante é que ela entenda o motivo do pedido e saiba que está sendo sincero.

Você pode se basear nas sugestões acima para adaptar suas desculpas de maneira que se encaixe perfeitamente no seu caso.

Entretanto, nunca se esqueça que tudo deve ser feito pensando na idade dos pequenos. Por exemplo, se for muito novo, uma história com personagens pode ser mais efetivo de que uma mensagem no café da manhã. De resto, é usar e abusar da criatividade!

As ideias acima podem ser usadas em várias situações. Porém, como adultos, é importante ter em mente que as crianças têm o seu próprio tempo. Por exemplo, ela pode aceitar as desculpas e perdoar, mas pode demorar um pouco para que o comportamento mude e a confiança seja reestabelecida.

Crianças pequenas podem deixar de lado as coisas rapidamente, mas para quem já é um pouco mais velho pode levar um tempo. O importante é que nesse período, adultos não cometam os mesmos erros e nem mudem a forma de agir, recriminando a criança por estar meio afastada.

Portanto, ser paciente é a regra!

Por fim, é claro que existem relações e comportamentos entre pais e filhos/adultos e crianças que tóxicos, complicados e prejudiciais para todos os envolvidos. Nessas situações mais complexas, a dica é procurar ajuda profissional.

Isso é válido para qualquer idade, pois até mesmo crianças pequenas podem ter dilemas. Um terapeuta comportamental ou psicólogo pode fazer toda a diferença no processo de recuperação dos relacionamentos e na compreensão de possíveis problemas.

 – Gostou desse artigo? Aproveite e compartilhe em suas redes sociais preferidas!

Fonte(s): A Mente é Maravilhosa, Positive Parenting Solutions, Courtney Harris, Psychology Today
Denisson Soares
Editor e Redator que encontrou na comunicação digital uma das melhores formas de difundir ideias, conhecimentos e tornar o mundo mais solidário e sem preconceitos. Amante de café, rock e séries de ficção sonha com o dia em que as coisas no planeta não pareçam um filme pós-apocalíptico.

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui