• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Sinta-se Bem

Descobriram a causa e a cura para alergias alimentares!

Por incrível que pareça estávamos fazendo TUDO ERRADO.

Se você conhece ou é uma dos 10 milhões de brasileiros que sofrem de alergia a algum tipo de alimento, temos aqui uma excelente notícia. Pesquisadores do centro médico universitário de Nova York (New York University Medical Center) não apenas descobriram o que causa esta alergia, como encontraram uma forma de tratar e até mesmo de extinguir esse problemão.

— Aeee!! Ouch…

A equipe descobriu que as crianças super expostas a antibióticos estavam com maior riscos de desenvolver alergias alimentares. Felizmente, porém, eles também descobriram uma maneira de combater o impacto desses antibióticos, que, na teoria, poderia curar as alergias.

O estudo, publicado na revista Proceeding, da Academia Americana de Ciências (National Academy of Sciences), sugere uma forte ligação entre as alergias alimentares e o uso de antibióticos na primeira infância – os famosos cinco primeiros anos da vida de um humano.

Antibiotic-Use-in-Kids-Down11

thetimesinplainenglish

Os pesquisadores foram capazes de identificar as bactérias que vivem naturalmente no intestino humano que impedem as pessoas de desenvolver alergias alimentares. Eles notaram que essas bactérias diminuíram com o uso dos antibióticos nos primeiros anos de vida, fazendo com que essas crianças se tornem alérgicas mais tarde.

Testaram a hipótese alimentando ratos jovens com antibióticos e assim descobriram que eles eram mais propensos a desenvolver a sensibilidade ao amendoim do que os ratos que não passaram pelo tratamento.

Depois de ser alimentados com uma saudável dose de antibióticos, os ratos foram introduzidos a uma solução contendo clostrídios – bactérias positivas que ocorre naturalmente em tripas de mamíferos – e eis que, a sensibilidade dos ratos foi embora. Eles já não eram alérgicos.

— E ae?! Somos os clostrídios.

scitechdaily

Martin Blaser, um microbiologista especialista em doenças infecciosas, disse à revista americana Science que a pesquisa abre um novo território para estudos e se estende a fronteira de como um microbioma está envolvido nas respostas imunes.

As alergias alimentares têm aumentado nas últimas décadas, com um crescimento de 50% apenas entre 1997 e 2011 (nos Estados Unidos). Se, como esta nova pesquisa sugere, a dependência da sociedade contemporânea em usar antibióticos como a principal razão para o aumento das alergias, devemos ser gratos ao estudo, pois, a resposta pode estar dentro do nosso organismo, e isso é um grande alívio.

O estudo ainda está em fase de testes, pode demorar alguns anos até chegar no mercado, mas com uma notícia dessa, já pode começar a comemorar. Desce uma porção de camarão aí!

91383-Ron-Swanson-eating-shrimp-gif-svZU

 

 Fonte: mic

Imagem de capa: njmonthly

Rodrigo Guarizo
Jornalista em formação, já passou pelo Portal ObaOba e já brincou de social media, além de produzir festas por São Paulo e rodar o país tocando em baladas. Dono do incrível poder da memória inútil, conta histórias ricas em detalhes que ninguém se importa. Mas são legais.

Tá na rede!

Quero mais!

Veja mais artigos!

Em caso de chefe
clique aqui