• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato

Sinta-se Bem

Depilação com pasta de dente e fermento: médicos opinam sobre a técnica

Nem tudo que está na internet deve ser replicado em casa, cuidado!

Bruno Oliveira Publicado: 19/12/2022 09:38 | Atualizado: 19/12/2022 09:39

Uma receita caseira de creme depilador viralizou na internet e dividiu opiniões em relação à sua eficácia e segurança para a saúde da pele. O vídeo demonstra uma pessoa retirando pelos da axila com creme dental, fermento químico e sumo de limão. Tudo isso aplicado diretamente na pele.

Após um corte de câmera, a pessoa que estava aplicando a mistura na axila, desliza um papel toalha por cima da região e os pelos saem facilmente, aderindo ao papel.

Para desvendar o mistério sobre como essa técnica funciona e entender mais sobre a segurança de reproduzir a receita, conversamos com especialistas em dermatologia e química. Então bora lá!

 

Como o depilador caseiro funciona

Antes de mais nada, vale dizer que em nossas pesquisas não encontramos nenhum estudo científico que comprove a funcionalidade dessa mistura, mas conversamos com a química Lila Tarnowski que nos deu mais detalhes sobre a composição dos cremes dentais e a reação entre os ingredientes:

“Os cremes dentais, tanto os que são em pasta ou em gel, sempre vão ter cloreto de sódio, algum composto que libere o flúor e um detergente, que geralmente é o lauril sulfato de sódio, muito bom e eficiente, mas para a limpeza dos dentes.”

A profissional também afirma que quimicamente a composição mostrada no vídeo não faz sentido e ainda sugere que o conteúdo pode ser falso:

“Não vejo como isso funciona, não sei se foi testado em laboratório, mas até onde eu sei pasta de dentes e bicarbonato de sódio não arrancam pelos, porque a composição é praticamente a mesma do sabonete, do sabão líquido, entre outros. Se isso funcionasse era só misturar shampoo ou sabonete com bicarbonato que cairiam todos os pelos. Para mim esse vídeo parece ser fake.”

Vale dizer que, apesar de não existirem estudos que analisem a reação que ocorre nessa receita específica, os cremes dentais não possuem uma fórmula padrão; além do mais, as quantidades de cada ingrediente usado nunca é especificada no vídeo. Ou seja, considere que tanto a reação, quanto o efeito e a eficácia da técnica podem ser, em todo caso, aleatória e portanto perigosa.

A produção do depilador caseiro não acompanha rigor técnico, o que pode apresentar um risco terrível para a saúde da pele, como dizem os dermatologistas:

“O principal risco de se usar soluções caseiras para remoção de pelos na pele é de desenvolver uma dermatite de contato que pode ser de causa alérgica, irritativa ou até de ambas ao mesmo tempo.” explica o médico dermatologista Jonas Bueno.

A médica cirurgiã, Carla Góes também explica o porquê desse rigor técnico ser tão necessário:

“Tudo o que é utilizado na pele precisa de uma concentração adequada em uma combinação de pH precisamente adequado. Algumas receitas caseiras contém nos seus itens, substância que se usada em excesso ou em peles sensíveis pode causar irritação ou queimaduras, levando a uma pigmentação local, após a cicatrização.”

Ou seja, a depender do tipo de pele, algumas substâncias (como o limão, por exemplo) podem manchar e até ferir a pele. Falaremos mais sobre isso ainda neste artigo.

 

A solução não tem eficácia comprovada

Apesar do vídeo original exibir um suposto caso de sucesso, de acordo com os dermatologistas, cada pele possui características próprias e o fato da solução ter, aparentemente, dado certo com a pessoa do vídeo, não quer dizer que dará certo na pele de qualquer pessoa:

“Sempre que você ver um vídeo ou um tratamento caseiro que funcionou em alguém, lembre-se que o que funciona em uma pessoa pode não ser bom para outra, ou pode acontecer exatamente o contrário: piorar o quadro. É sempre importante consultar a orientação de um profissional, principalmente quando tratamos da saúde da pele.”, explica Clara Góes.

“Cada pessoa é um ser individual. Sempre falo isso para os meus pacientes. O tratamento deve ser sempre personalizado. O médico dermatologista irá avaliar e descartar possíveis alergias e prováveis complicações que podem ocorrer exclusivamente na sua pele.”, complementa Jonas Bueno.

 

As reações na pele

Os especialistas vão além e explicam em detalhes o que pode acontecer caso sua pele tenha alguma intolerância a algum dos ingredientes usados:

“O creme dental nas axilas por longo período pode causar irritação local podendo deixar manchas e até cicatrizes. Já o limão pode causar uma queimadura química (a fito fotodermatose)”, alerta o médico Jonas Bueno.

O dermatologista também nos destaca a agressividade da substância presente sumo de limão, sobretudo quando exposto à luz do sol:

“Os ácidos presentes no limão em contato com a luz, mesmo em dias nublados podem causar queimaduras na pele de primeiro e até segundo grau. Ou seja, com formação de bolhas. Isso dói, deixa manchas e certamente alguma cicatriz pode ocorrer também.”

Carla Góes também explica que o limão pode proporcionar uma ação clareadora, contanto que sejam tomados alguns cuidados:

“O limão é rico em vitamina C e em ácido fítico, que ajudam a clarear a pele e também são antioxidantes. Eles também neutralizam os radicais livres e a produção de colágeno, mas precisa ser usado com cuidado e sempre à noite, retirando completamente pela manhã e não expor a região tratada ao sol, pois pode causar queimaduras e pigmentação marrom escura no local e até mesmo bolhas.”

Jonas Bueno diz que o fermento pode atuar de maneira benéfica na pele, mas não existe um uso conhecido para depilação:

“O fermento pode até agir de forma bem leve como hidratante, esfoliante e uma limpeza superficial, mas não clareia a pele, não trata rugas e não ajuda a remover manchas, nem pelos. Pode causar, se usado em grande quantidade e/ou por muito tempo, até irritação local, uma dermatite de contato irritativo.”

 

O método mais seguro para remoção dos pelos

Consultamos os especialistas para saber qual seria o método mais seguro para fazer uma depilação eficaz e segura e apesar das respostas variarem, ambos concordam que a consulta prévia a um especialista deve ser feita, em todo caso:

“Antes de mais nada, é de extrema importância que seja procurada ajuda de um profissional, principalmente quando se trata de remoção caseira. A mais segura das receitas caseiras, quando aquecida e usada em temperaturas acima do ideal, podem causar lesões graves, o que são bem comuns, como lesões no buço e virilha, por causa de uma temperatura elevada.” explica a médica Carla Góes.

Jonas Bueno recomenda o método que considera o mais seguro e adequado:

“A técnica indicada por mim para remoção de pelos é o tratamento a laser. Antes do tratamento o paciente deve passar em consulta para que sua pele seja avaliada. O paciente será orientado(a) sobre o tempo do tratamento, o número de sessões necessárias, a frequência das sessões, quem irá aplicar, se será o dermatologista ou algum profissional não-médico, qual aparelho será usado, entre outras coisas.”

Se assim como os dermatologistas, você também se importa com o cuidado da sua pele e pelos, confira nosso artigo te ensinando uma técnica segura para hidratar pele com muitos pelos.

Fonte(s): Australian Skin Clinics, Healthline, Healthline 2, Healthline 3, Healthline 4, True Skin Care Center, https://trueskincarecenter.com/blog/is-lemon-juice-good-or-bad-for-your-skin/
Bruno Oliveira
Atleta virtual, jornalista, podcaster e gamer de esquerda nas horas vagas. Acredita piamente na capacidade do ser humano de ser melhor, sempre. Dog person e pernambucano, observa o mundo em camadas.

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui