Colunas

Cuidados pós tatuagem: pode usar plástico filme ou gaze?

01 de outubro de 2020
Postado por Jessica Alves

Para o cuidado pós-tatuagem, plástico filme é um dos elementos mais comuns utilizados nos estúdios de tattoo. Mas alguns profissionais alertam que esta prática pode ser um risco para a cicatrização. Entenda a seguir.

 

Evite usar plástico ao proteger a sua tatuagem

O plástico filme é um dos elementos mais comuns nos estúdios de tatuagem. Após finalizar o processo, os tatuadores envolvem o desenho com uma camada do material e orientam que o cliente deva manter a tattoo coberta dessa forma por alguns dias.

Mas esta prática pode ser um risco para a cicatrização. Principalmente se lembrarmos que, para a pele, a tatuagem nada mais é do que um machucado. E não usamos plástico para este fim, certo?

A informação é da tatuadora Paula Dinami, de São Paulo, que publicou um vídeo em seu perfil no Tik Tok, onde orienta que o plástico filme deve ser evitado no processo de cicatrização.

“O uso do plástico filme provoca super aquecimento no local tatuado e estimula a produção de secreções locais. Assim, forma um ambiente adequado para a proliferação de bactérias”, disse.

@tattoopauladimaniCurativo para tatuagem ##tattoo ##tatuagem ##tattooink ##inktattoo ##tattoopauladimani♬ som original – Paula Dimani

 

Uso de gaze é recomendado em tatuagens recentes

Desta forma, Paula recomenda que em vez do plástico filme, gaze estéril é a opção ideal para proteger o local tatuado, por no máximo 48 horas.

“A Vigilância Sanitária do Estado recomendou que os tatuadores não usem o plástico filme. Nem mesmo na primeira hora após a execução da tatuagem. Mas não é o que acontece de fato.

Então, em muitos casos aplicamos o plástico filme e orientamos o cliente vá até a farmácia mais próxima e comprar gaze para subsistir o plástico o mais rápido possível”, explica.

Paula Dinami - Arquivo Pessoal

SEM LEGENDA

Essa ideia foi reforçada pela tatuadora Vivy Machado, no site Memories Tattoo.

Ela afirma que o plástico abafa o local da tatuagem e produz mais suor, que pode causar irritações, espinhas, vermelhidão e, as vezes, inflamações. Portanto, dificulta a cicatrização e pode até alterar o resultado final do desenho.

A comentarista de tatuagem Anne de Hobart, em um artigo para o site Trating, salienta que há países em que a legislação exige o uso de uma bandagem específica, esterilizada com adesivo médico, para a cobertura de tatuagens. Claro, não é o caso do Brasil.

 

O uso do plástico não deve ultrapassar três dias

Mas essa é uma questão que divide opiniões. Se por um lado há tatuadores como Paula e Vivy que reforçam os perigos do uso do plástico filme, outros profissionais o defendem como um material adequado para a a tatuagem – com algumas ressalvas.

O tatuador Edgard Ghilardi Junior, conhecido como Dada, do Dada Tattoo Studio recomendou, em entrevista ao site Bonde, o uso do plástico filme para proteger as tatuagens, desde que por poucos dias.

“Além de proteger a área tatuada, o plástico filme também impede que a secreção seque e forme cascas muito grossas. Ele também ajuda na hora da limpeza.

Esse curativo deve ser feito até o terceiro dia ou quarto após o procedimento”, orienta Henrique.

A dermatologista Carolina Marçon, médica dermatologista, membro titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia, também recomendou o uso do plástico filme por alguns dias.

“O plástico filme funciona como um curativo fechado, protegendo a área tatuada contra partículas externas (agentes infecciosos, sujeira, alérgenos), ajudando na “fixação” dos pigmentos e proteção do desenho e facilitando a absorção dos produtos aplicados (pomadas cicatrizantes).

É interessante que seja utilizado pelo menos nas primeiras 48h após o procedimento”, destacou em entrevista ao site Tattoodo.

Mas ela reforça o alerta sobre o plástico proporcionar um ambiente úmido e aquecido. E que em contato com a pele pode se transformar em um meio de cultura bacteriana.

“O uso não deve ultrapassar três dias, a região dever ser adequadamente higienizada e o plástico trocado 2 vezes ao dia. O uso prolongado e a limpeza inadequada podem favorecer infecções”, concluiu a médica.

Então se você já escolheu a tatuagem desejada e vai riscar a pele, com a certeza que não vai se arrepender, não se esqueça de seguir todas as orientações feitas pelo seu tatuador. E procure um profissional que priorize todos os padrões de segurança e higiene.

Memories Tattoo, Paula Dinami Tik Tok, Trating, Bonde, Tattoodo

MATÉRIAS RELACIONADAS