• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Sinta-se Bem

Cuidado! A água ao lado da cama pode ser um veneno

O perigo mora ao lado! Mais especificamente, no criado-mudo.

Quando criança você morria de medo da boneca assassina da Xuxa no seu quarto… Agora, adulto, deveria temer outra coisa.

boneca`sososlteiros

Recentemente surgiu um alerta sobre os perigos da água que deixamos ao lado da cama. Não, diferente da boneca, ela não tem um punhal escondido e nem ataca ninguém no meio da noite.

Os problemas!

Dr. Kellogg Schwab, do Instituto da Água da Universidade Johns Hopkins (Estados Unidos), disse ao site Cura pela Natureza que, “por se manter por toda a noite e madrugada em temperatura ambiente, (a água) é atacada por um gigantesco número de bactérias” – praticamente um coquetel de microorganismos prejudiciais a saúde.

E se não lavar o recipiente, a nojeira só piora! Cada vez que você tocar a boca no copo ou na garrafinha, vai adicionar mais organismos à água, além deles se multiplicarem lá dentro.

1200

espa

E mesmo se lavar, segura essa bomba: as garrafinhas de plástico possuem um composto chamado Bisfenol A (BPA), uma substância tóxica liberada quando aquecida (no verão, por exemplo). Ela é capaz de desregular hormônios, podendo causar infertilidade masculina a partir da destruição de espermatozoides e inclusive provocar câncer!

No caso do Bisfenol A, o alerta é muito importante! Um estudo, feito por alunos canadenses, com 75 garrafas de água sem ser lavadas durante meses, apontou aumento bacteriano acima do recomendado em dois terços das garrafas. Outra pesquisa, feita em Harvard, apontou um aumento de BPA na urina de 69% dos que faziam uso de garrafas plásticas.

cuspiragua_sososlteiros

Se quiser ir na coragem, é melhor deixar ao lado da cama apenas um copinho (que não seja de plástico) com o suficiente para você beber naquela noite, somente. O esquema mesmo é largar de preguiça, levantar da cama e ir pegar água fresquinha na cozinha. Aproveita e já faz um lanchinho.

 

Fonte: cura pela natureza

Audrey Bertho
Jornalista, apaixonada por todas as expressões da arte (com uma quedinha para a música) e antenada com o mundo tecnológico. Adora R.E.M, ipês amarelos, happy hours estendidos e ainda tem esperança no ser humano e em um mundo melhor.

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui