Dicas

Cozinhar milho dentro da palha: vídeo viralizou e nós testamos!

16 de maio de 2022
Postado por Daiane Oliveira

Milho é o cereal mais cultivado em todo o mundo. E não é para menos! Etanol, ração animal e uma infinidade de receitas gastronômicas: tudo isso pode ser feito a partir dele.

Quando o assunto é culinária, nosso país dá destaque especial para o milho durante as festividades juninas: canjica, curau, pamonha, bolo de milho e a própria espiga cozida. Já conseguimos sentir o cheirinho dessas comidas só de escrever sobre elas.

Mas de todas as receitas possíveis de se fazer com milho, apreciar a espiga cozida é, sem sombra de dúvidas, a mais fácil de preparar. Basta descascar a espiga, cozinhá-la água fervente e se deliciar. Precisamos destacar, claro, que descascar milho não é das tarefas mais prazerosas de se fazer.

Será que há uma solução prática para isso?

 

Viral: cozinhando milho dentro da própria casca

Um vídeo que viralizou no Tiktok sugere que sim. Compartilhado no perfil gringo Raquel vs Everybory, o truque já foi assistido mais de 5 milhões de vezes e mostra espigas cozidas com palha e tudo.

Segundo a publicação, após cozinhar as espigas desta forma, tanto a palha quanto os “cabelinhos” do milho são facilmente removidos de uma só vez.

Reprodução - TikTok/@raquel_vs_everybody, https://vm.tiktok.com/ZMLvqhPyj/?k=1

SEM LEGENDA

Como dica boa é dica testada, fomos descobrir: Será que funciona?

 

Teste: cozinhar sem tirar a palha do milho

Já começamos adiantando que o teste deu trabalho. Primeiro, porque não foi tão fácil encontrar a espiga com palha e tudo para comprar (na nossa cidade). E depois, esbarramos em outro detalhe: nenhuma das panelas que tínhamos, cabia a espiga de milho inteira e precisamos pedir uma mega panela emprestada.

 

Vencidos os obstáculos, colocamos água na “panelona” e levamos ao fogo. Demorou 20 minutos para levantar fervura – haja gás!

Panela de Pressão é bem pequena para essa técnica.

 

Antes de colocar o milho para cozinhar, preparamos as espigas: cortamos o excesso de cabelinhos e retiramos algumas camadas de palha até evidenciar um “cabinho” (talo). 

 

Levamos 3 espigas para a água fervente e deixamos cozinhar inicialmente por 30 minutos em panela tampada.

 

Depois de 30 minutos, retiramos uma espiga da panela. Cortamos fora a parte de cima e tentamos retirar toda a palha como no vídeo original.

Além de não ter dado certo, o milho continuava cru, então deixamos as outras espigas cozinhando por mais 10 minutos.

 

Repetimos o procedimento com outra espiga após 40 minutos de cozimento. E nada ainda. 

 

A última espiga cozinhou por 1 hora! E, ainda assim, não funcionou. A palha saiu apenas parcialmente.

Porém, cozinhou divinamente – ficou uma delícia.

 

Cozinhar milho com a palha é mais fácil?

Definitivamente, não.

Como mostrado, a técnica não funcionou nem com uma hora de cozimento. Apesar de ficar bem gostoso, a única vantagem em relação as técnicas convencionais é que os “cabelinhos” do milho realmente saíram com mais facilidade; mas não compensa se valer do truque apenas com esta finalidade.

Nos comentários dos nossos vídeos nas redes sociais, seguidores também questionaram a eficácia da dica, sugerindo que o milho do vídeo pode se tratar de uma variedade diferente; além de questionarem o desperdício de gás.

Sofri com este tempo de cozimento. Gastou um gás sacudido“, apontou Lorena Magalhães no Instagram.

Um ponto bastante levantado foi a possibilidade de haver lagartas e insetos na palha do milho:

Quem já descascou muito milho na vida sabe que às vezes tem bichinhos, lagartas e insetos [escondidos na palha]. Na hora que vi o vídeo já pensei nisso“, comentou Maiane Taborda também no Instagram.

Uma coisa é consenso entre os seguidores: descascar as espigas e levá-las para cozinhar na panela de pressão é a melhor forma de cozinhar o milho.

Realmente, não compensa. Para descascar e tirar os cabelinhos, vai menos de 5 minutos. E para cozinhar na pressão não vai nem 20 minutos também. Talvez seja bom para quem faz em muita quantidade e usa fogão à lenha, ou faz na brasa“, destacou Liliane Fozatti no Facebook.

 

O que você precisa saber sobre esta dica:

  • Cozinhar espiga de milho junto com a com palha não é prático;
  • No teste, gastamos 1 hora e 20 minutos de gás;
  • A única vantagem foi facilitar a retirada dos “cabelinhos” do milho;
  • A palha não se solta totalmente da espiga, como no vídeo original;
  • Existe o risco de cozinhar, junto às espigas, insetos e lagartas que podem estar escondidos na palha;
  • Para não ter erro: cozinhe o milho descascado na panela de pressão.

Assista aqui nosso vídeo completo, com mais detalhes.

Veja Saúde

MATÉRIAS RELACIONADAS