• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Atitude Coletiva

chevron_left
chevron_right

Conheça o Youtuber que ganha (muito) dinheiro para ficar chapado

Nos vídeos, ele basicamente fuma um monte de coisa e depois passa mal.

O YouTube já deixou de ser hobby para muitos produtores de conteúdo, já que dezenas de youtubers se profissionalizaram, transformando a brincadeira em principal fonte de renda. Há quem ganhe milhões jogando videogame, e até quem dinheiro para ficar bem chapado!

Joel Hradecky, ou Jolie Olie, é o apresentador do canal “Custom Grow 420” (“plantação personalizada 420”). Ele aproveitou a liberação da maconha no Colorado para se tornar um dos ícones da rede.

Olie conta com quase 900 mil inscritos em seu canal, sendo o mais popular do nicho. Seu sucesso vem de desafios e análises de produtos utilizados para fumar a erva. Entre os mais populares, é possível vê-lo fumando um grama de cannabis em poucos segundos, tragando cinco bongs de uma vez, até passar mal.

Jolie utiliza o dabbing, método para fumar rapidamente óleos e haxixes em grandes concentrações em boa parte dos desafios. No vídeo “Torture Dab”, com quase 900 mil visualizações, ele fuma meia grama com esse método e passa muito mal. O interessante é que as pessoas gostam de ver exatamente isso.

O Brasil também não fica de fora desse nicho, atualmente o canal “TV Hempadão” é um dos mais conhecidos entre os brasileiros, com diversas dicas do mundo da maconha. Lembrando que, aqui, o uso recreativo da erva é crime.

*O SOS Solteiros não faz apologia ao uso de drogas. Jolie Olie mora em uma cidade onde a erva é legalizada, e é maior de idade, ou seja, responsável por suas maluquices insanas.

fumando_maconha_sossolteiros

fumando_maconha2_sossolteiros

fumando_maconha3_sossolteiros

fumando_maconha_sossolteiros

tumblr_nvrjrcMgjM1uqe0r3o1_1280

fumando_maconha2_sossolteiros

fumando_maconha4_sossolteiros

fumando_maconha5_sossolteiros

Lucas Vinicius
Escriba digital, amante da sétima arte, ex-jogador compulsivo e meigo

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui