• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato

Faz Tudo

chevron_left
chevron_right

Como transformar Tapetinhos em um Lindo Tapete de Sala

É uma solução bem barata, mas também é uma ótima oportunidade de ter um projeto ultra personalizado aí na sua casa.

Dario C L Barbosa Publicado: 14/11/2013 11:21 | Atualizado: 14/11/2013 11:33

Estou nos “finalmentes” pra terminar a copa e tava sentindo falta de um tapete. O fato é que tem tanta informação e cor no cômodo que eu tava meio confuso pra escolher. Junte isso ao fator financeiro e multiplique pela minha chatice em não encontrar uma estampa que agradasse que você encontra o Edu no Xingling. Entendeu nada né?

Na copa tem madeira, chevron, roxo, azul, grafismo, adesivo de azulejo e tudo mais que a gente gosta e tem direito de colocar onde quiser na nossa casa. Ai troquei uma idéia com a Manu (Casa da Id&ia e enciclopédia) e ela me sugeriu assumir isso tudo e arrumar um tapete diferente e que se entendesse com o resto da copa.

Tapete_1

Aí numa das minhas frequentes idas ao Xingling vi esse tapete acima. É um modelo bem colorido e não tem um padrão muito certo não. Na hora eu lembrei do tapete que as Vivi’s (Dcoração e Decorviva) fizeram no Morar Mais por Menos do Rio. Elas usaram jogos americanos costurados um no outro.

Pronto, olha o tapete da copa tomando cara. Só tinha um problema: nunca peguei numa agulha na vida. Tava tão perdido na loja que a vendedora espertona conseguiu me vender um monte de agulha de crochê. Mas peraí! Agulha, linha, coisinha… já busquei a curadoria da Zilah (Dona das Coisinhas) que me deu os toques necessários. Com as informações na mão, providenciei tudo:

  • 24 tapetes do xingling
  • 01 rolo de barbante azul
  • 02 agulhas de costuras bem grandes (vai que uma some né?)

Bom, apesar de demorado, não tem segredo nenhum e, se eu dei conta, pode ter certeza que vocês dão também. Primeiro corte um pedaço bem grande do barbante passe pela agulha e dê um nó juntando as duas pontas. Depois passe a agulha por um dos buracos no fundo da extremidade do tapete. Puxe até que o nó fique lá bem preso. Aí passe a agulha por dentro do outro tapete de forma que junte os dois. Agora volte com a agulha e passe pelo primeiro tapete. Vai ser uma espécie de zig zag. Não entendeu? Sabe quando você enche o furico do peru de natal com farofa e depois vem com agulha e linha e fecha o trem todo? É isso!

Tapete_2

Quando chegar no final do tapete, corte o barbante e dê um nó bem apertado. Faça isso juntando os tapetes formando colunas. No meu caso foram 4 colunas de 6 tapetes. Depois que estiverem costurados em grupos de 6, junte todos fazendo o zig zag no mesmo esquema. Só preste atenção sempre pra deixar tudo bem apertado, caso contrário seu tapete vai ficar todo lascado.

Tapete_3

E o tapete ficou pronto. Foi um desafio daqueles, mas eu sobrevivi. O tapete demorou 4 noites pra ficar pronto, mas agora tá ali todo feliz na minha copa. É uma solução bem barata pra quem tá meio na pindaíba mas também é uma ótima oportunidade de ter um projeto ultra personalizado aí na sua casa.

Tapete_4

Tapete_5

>> Cada tapete custou 2,99 e a moça ainda me deu um desconto por comprar no atacado.

>> O barbante custa 10,50 e pode ser encontrado em qualquer loja de artesanato

>> As agulhas custaram 2 reais cada e achei numa loja de aviamentos. Sim, aquela lotada de velhinhas bordadeiras que me olharam com cara estranha

>> Não, eu não furei o dedo ( a agulha não tem ponta)

É isso meus queridos! Essa semana tô frenético. Perceberam que teve post todos os dias? Pois é, o plano de dominar o mundo continua de pé! hahaha

Gostou do tapete, teve dúvida, não come peru no natal? Comenta aí que a gente vê o que dá pra fazer!

 

Texto originalmente postado por Eduardo Mendes para o blog

logo sidebar homens da casa

Dario C L Barbosa
Fundador e editor do Almanaque SOS. Paulistano, formado em Comunicação Social, trocou os anos em redes de rádio e televisão pela internet em 2012. Vegetariano, meditante e ecossocialista na luta por consciência e equidade. ( Twitter - Instagram ).

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui