• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Sinta-se Bem

Como sobreviver a uma bomba nuclear (não é no carro!)

O metal do carro não será páreo à poeira radioativa e nem você.

Vamos supor que uma dessas pessoas malucas que controlam o mundo resolva apertar o botão vermelho e disparar uma bomba nuclear.

Se ela cair perto de você, saberia como se proteger? Se tua resposta for “fugiria de carro para o lugar mais longe possível“, sinto dizer mas, BUMMM! Você será pego.

Segundo o especialista em radiação Brooke Buddemeier, em entrevista ao site Business Insider, essa alternativa não é das melhores.

Pintura do carro evaporando com os efeitos da radiação de uma bomba nuclear

Primeiro pelo caos que se formará, já que muitos terão essa mesma ideia, também porque o metal do carro é muito fino e não protegerá contra a poeira radioativa – que se forma após a bomba e pode se espalhar por um raio de 160 quilômetros – extremamente prejudicial à saúde.

Buddemeier revela que as chances de não se contaminar com a radioatividade aumentam se você se proteger em um ambiente de estrutura robusta, como o interior de um edifício com paredes bem grossas, por exemplo.

Se o lugar for um porão, abaixo da terra, com paredes de concreto ou chumbo, a proteção será ainda maior, garante o especialista.

O profissional ainda aconselha a permanecer nesse lugar por pelo menos 12 a 24 horas, que é o tempo estimado para a radiação diminuir seu risco de contaminação. E só depois deste tempo, sair para procurar ajuda.

Fonte(s): Business Insider, Mega Curioso
Redação - Almanaque SOS
Desvendando o dia a dia. Acompanhe o SOS também pelo Facebook, Instagram e Twitter

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui