Transformando o arroz de ontem #PraComer #CozinhaParaSolteiros
  • Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato

Comes & Bebes

chevron_left
chevron_right

Transformando o arroz de ontem #PraComer #CozinhaParaSolteiros

Mais do que simples, essa receita ainda te livra da busca de uma carne para acompanhar o arroz!

SOS Solteiros Publicado: 18/12/2012 11:03 | Atualizado: 22/07/2020 16:32

Quem nunca foi numa geladeira procurar algo pra comer e encontrou aquele arroz velho no tupperware, não sabe o que é desespero. O bicho é tão feio que nem bêbado come! Mas calma… Tem salvação!

 

Um primo pobre da tortilha espanhola, esse prato não é tão bom quanto o bolinho de arroz da vó, mas talvez seja a opção mais fácil pra quem mora sozinho e não tem saco para receitas super elaboradas. Leva 4 ingredientes principais: arroz, tomate, ovo e AZEITE.

Mais do que simples, essa receita ainda te livra da busca de uma carne para acompanhar o arroz…

 

Bora fazer?

Pegue um copo médio de arroz velho e jogue na frigideira. Se estiver muito duro, jogue um fio de azeite para judar a desmanchá-lo. Use um garfo se precisar.

(De preferência um de madeira, o ferro pode estragar o teflon da panela e o plástico, quando quente, faz mal a saúde)

 

Rale meio tomate em cima e misture. O tomate é o essencial, ele vai dar uma reavivada nesse arroz que já ta meio capenga. Você pode pica-lo se preferir. O ralador é só um jeito de não sujar tábua 😉

 

Coloque dois ovos em um copo, adicione sal e pimeinta do reino. Quem quiser se aventurar e colocar um queijo ralado, também vale!

Depois disso é só despejar a mistura em volta do arroz e ir ajeitando com um garfo para que o ovo pegue toda a superfíce da frigideira. Abaixe o fogo e espere até que o lado de cima fique cozido.

 

Corte em quatro pedaços, jogue mais uma pitada de sal e não esqueça de jogarum fio generoso de azeite por cima…Isso faz toda diferença… Pronto! Aqui está a salvação para aquele arroz velho!

(Na foto tem salsinha desidratada para decorar, mas é só enrolação)

 

Bom Apetite!

 

SOS Solteiros
Publicações de Arquivo.

Tá na rede!