• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Atitude Coletiva

chevron_left
chevron_right

Como pedir demissão e sair pela porta da frente

O importante, além de ser feliz na profissão, é não queimar seu filme no mercado.

Sabe aquele momento que você quer fazer a Rochelle no trabalho?

rochelle_sososlteiro

– Eu não preciso disso. Meu marido tem dois empregos.

Não é incomum ficarmos insatisfeitos com nosso emprego. Nessa hora começamos a pensar seriamente em jogar tudo pro alto e recomeçar em outro lugar. E isso não está errado! Mas tem que fazer do jeito certo.

***

Quando é a hora certa de pedir demissão?

Não estar feliz em um emprego afetará diretamente sua capacidade de cumprir tarefas, resolver problemas e, enfim, trabalhar de maneira satisfatória. A empresa passará a cobrar e queixar-se mais e sua frustração será cada vez maior.

Antes que chegue nesse ponto, procure entender o porquê de você estar tão descontente com seu emprego. É algo que você pode mudar ou melhorar? Ou, definitivamente, é a empresa que é inadequada ao seu estilo.

Vamos fazer o teste:

  1. Se o mundo acabasse hoje, você estaria feliz e orgulhoso de onde chegou?
  2. Você tem ficado doente com frequência?
  3. Sente que falta motivação?
  4. A empresa te reconhece por seus trabalhos e ideias?
  5. Você espera o final de semana com ansiedade?
  6. Se sente deprimido?
  7. Não consegue aproveitar o final de semana integralmente, por já estar sofrendo com a proximidade com a segunda-feira?

Se após responder essas perguntas, você se convenceu que está completamente desconfortável em seu emprego e a perspectiva é que essa situação se perpetue por muito mais tempo, então talvez seja mesmo a hora de pedir as contas.

demissao_sososlterio

– Fod@-se, eu me demito.

Como deixar a porta sempre aberta

Se a decisão já está tomada e você está retirando seus enfeites da mesa aos poucos, aqui vão algumas dicas que podem te ajudar a sair do emprego pela porta da frente!

Mesmo que você não tenha a pretensão de voltar a trabalhar nesse lugar, lembre-se que você será lembrado pela forma como saiu da empresa – e isso significa possíveis recomendações negativas no futuro.

  • Primeiro, termine tudo que estava sob sua responsabilidade. Deixar pendências não será nem um pouco bem visto.
  • Guarde a novidade para você até falar com seu chefe. Contar pros seus colegas de trabalho pode até ser legal, mas se isso chegar ao seu chefe sem ser pela sua boca ele se sentirá bastante desrespeitado.
  • Quando for apresentar sua demissão, marque uma reunião e seja educado e direto. Se foi chamado por outra empresa, por exemplo, não há problema em contar. Porém, guardar os motivos para você mesmo é seu direito, ainda mais se o motivo for “acho minha chefia bem incompetente”!

  • Aliás, reclamar pode não ser a melhor estratégia. Se você está saindo da empresa, já está claro que ela não é sua melhor opção no momento. Apenas peça as contas, agradeça pelas oportunidades, pelos conhecimentos adquiridos e bejundas!
  • Se o seu chefe te oferecer uma contraproposta, não responda na hora! Vá pra casa, tome um banho, dê um cochilada e pense bem. Você não estava feliz antes, e provavelmente uma graninha a mais não mudará isso. A adição de “coordenador de” no seu crachá te deixará mais de bem com a vida e com seu trabalho? Pense e não dê a resposta na hora.
  • Não vai mesmo ficar? Então seja legal e se ofereça para treinar uma outra pessoa caso seja necessário. Mostre profissionalismo até o último instante.
  • Escreva uma cartinha pro RH dizendo que você está pedindo o desligamento da empresa e explicando motivos, expondo sua disponibilidade de ajudar durante a transição, agradecendo… Ah, se o seu chefe reagir mal à situação, parta direto para o RH.
  • Agora que você já formalizou tudo, é hora de avisar seus colegas sobre sua saída. Vale um happy hour se você for próximo das pessoas ou, se foi justamente o péssimo ambiente de trabalho que causou seu pedido de demissão, apenas diga algo como “agradeço pelo tempo que passei aqui e pelos conhecimentos. Estou me desligando da empresa, mas fico à disposição nesse período de transição”.

Pronto, você se demitiu de maneira sofisticada e saiu por cima!

 

A nossa dica extra é: NUNCA SAIA DE UM EMPREGO, SEM TER OUTRO EM VISTA. Foque em encontrar algum trabalho que te faça feliz, e lembre-se que trabalhamos para viver, e não vivemos para trabalhar!

 

Imagem de capa: evrikak

Fontes: Gazetadopovo | G1 | Nomadesdigitais

Bia Lancha
Jornalista, nerd, chocólatra, mãe de uma gata banguela e gamer viciadíssima. Se é pra falar sobre coisas engraçadas, teorias absurdas ou nerdices, tamo junto!

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui