• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Faz Tudo

chevron_left
chevron_right

Como evitar perrengue ao ir morar sozinho em outra cidade

Marinheiro de primeira viagem? Para não se arrepender, basta seguir esse guia prático.

Morar sozinho é sempre uma grande conquista, não importa se você vai alugar um imóvel ou se vai morar na tão sonhada casa financiada própria. Mas essa conquista dá um certo trabalho, a começar pela mudança.

packing-3

Mudança é um acontecimento na vida da gente. Muitas vezes envolve nossa família, nossos amigos ou, em alguns casos, envolve um monte de gente desconhecida (profissionais contratados: carregador, motorista do caminhão, eletricista, encanador) e solidária mesmo (vizinhos, zelador e porteiro).

Apesar de ser uma experiência, na maioria das vezes, agradável, de renovação, há uma séria de “procedimentos” necessários para que tudo corra bem, principalmente se a mudança for de cidade. O leitor Eduardo Gonçalves nos pediu algumas dicas para ajudar quem está indo morar sozinho em outra cidade, então, lá vai:

 

Pesquise

Busque informações reais, ou seja, pergunte para quem mora ou já morou na cidade, quais são as impressões do lugar, as características mais marcantes, problema mais comuns do local e as vantagens/benefícios de se viver lá.

Se você não conhece ninguém que possa te ajudar, busque grupos de discussão e fóruns na internet. Use a web também para entender um pouco do cotidiano da cidade: funcionamento do transporte público, clima, segurança e custo de vida no local. Vale a pena dar uma boa olhada nos mapas disponíveis na internet também, para ter noção de espaço da região e tempo de deslocamento de um local para o outro.

searching_google_in_google_is_very_dangerous_-funny_animation_gif_8914304445

 

Veja com os próprios olhos

Independentemente de quão distante fique seu novo destino, é importante fazer, pelo menos, uma visita ao local antes de partir. Isso vai te ajudar a construir suas primeiras impressões e até mesmo já ir dando uma “zapeada” nos imóveis por lá (se ainda tiver que encontra um) ou nas redondezas de onde vai morar (se já tiver escolhido o imóvel).

keeping_an_eye_on_you

 

Planeje a grana ANTES

Agora que você já tem ideia do custo de vida no novo destino, coloque tudo em uma planilha: aluguel ou prestação do imóvel, água, luz, gás, internet, TV a cabo, condomínio, despesas com transporte e alimentação.

Dica: o valor do aluguel/prestação não deve exceder 30% da sua renda total. Se for alugar um imóvel, inclua também no orçamento a garantia que você vai utilizar no contrato: seguro fiança (equivalente a um aluguel e meio por ano, pago em 4 parcelas) ou depósito caução (normalmente, são três alugueres por ano, pagos de uma vez só, logo de cara).

Reserve um valor equivalente a 30% do primeiro aluguel ou prestação para as inevitáveis despesas relacionadas a “entrar no novo local” (trocar o chuveiro, alguma torneira, fiação, lâmpadas, trocar a fechadura, fazer cópia das novas chaves etc.).

peggy-olsen-counting-money

 

Planeje a mudança

Faça, pelo menos, três orçamentos de cada serviço de mudança: caminhão, ajudantes etc. Antes de contratar a mudança, verifique se há alguma restrição de horário para circulação de caminhões na nova cidade e também se não há nenhuma mudança já programada no novo endereço, na mesma data. Também é bom verificar os horários permitidos, e não esqueça de avisar o síndico, zelador ou administração predial sobre a programação da sua mudança.

É bom deixar alguém autorizado para resolver questões burocráticas na sua cidade atual, evitando dor de cabeça e deslocamentos desnecessários depois da sua mudança. Sempre fica uma conta pra trás, um documento para resolver etc. Considere fazer uma procuração, neste caso.

Verifique o status atual das contas de consumo do novo endereço, data de vencimento e os prazos de transferência/ativação, se for o caso: água, luz, gás, internet e TV a cabo. Na semana da sua mudança, passe todas essas contas do novo endereço para o seu nome e programe o desligamento desses serviços no local atual/antigo.

Na semana da mudança, altere os seus endereços no banco, cartão de crédito, assinaturas de revistas, colégio/faculdade, academia etc.

giphy

 

O que comprar primeiro

morar-sozinho-800x597

Listinha básica pra quem vai morar sozinho:

  • Móveis: guarda-roupas, mesa com cadeiras, colchão e se der, uma cama.
  • Eletrodomésticos: microondas, cafeteira, liquidificador, ventilador, máquina de lavar, aparelho de som e tv.

Outros utensílios: 

  • 4 pratos
  • faqueiro pequeno
  • 4 panelas (incluindo frigideira)
  • jogo de copos de água, whisky, cerveja e cachaça
  • jogo de taças de vinho (champanhe se for ryyyka)
  • balde para gelo
  • saca rolhas
  • formas de gelo
  • filtro de água
  • jogo de xícaras de café
  • vários potes tupperware de vidro (pequenos, médios e grandes)
  • jarra para água ou suco
  • 2 travessas refratárias
  • varal móvel de teto e pregadores de roupas
  • edredom
  • 2 jogos de cama
  • 2 jogos de toalhas para banho
  • 2 toalhas de mesa
  • vários panos: de prato, de chão, de pia…
  • tábua e ferro de passar roupa
  • pá, vassoura e rodo – trio ternura
  • baldes
  • tapetes
  • almofadas
  • banquinhos

gastei-meu-dinheiro-com-sabedoria

Se possível deixe para comprar tudo já novo endereço, ou compre pela internet (muitas vezes é mais barato) e peça para entregar lá, mas certifique-se de que haverá alguém no local para receber a encomenda. Mais 20 Dicas para REALMENTE facilitar a sua mudança.

 

Apoio

vivadecora_logo

 

Andréia Gomes
Curiosa, amante das letras, solucionadora criativa. Publicitária, Especialista em Marketing e Gestora de Projetos de Comunicação em ambientes digitais. Acredita que o lugar onde moramos pode e deve ter a nossa personalidade nos pequenos detalhes, e que colocar impressões da sua alma é sempre fundamental. Editora-chefe do site Viva Decora .

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui