• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato

Faz Tudo

chevron_left
chevron_right

Truque da meia: como evitar que taças e copos se quebrem na mudança

Encaramos o desafio de testar no modo hard a dica que bombou na internet.

Bruno Oliveira Publicado: 04/10/2022 09:37 | Atualizado: 04/10/2022 09:37

Evitar que objetos se quebrem durante a mudança é uma das maiores preocupações de quem vai precisar passar pelo processo. Tanto que o vídeo publicado no Instagram do criador de conteúdo Corey B viralizou ao provar que se você envolver suas taças com meias ela se torna praticamente inquebrável durante a mudança.

Dario, o editor do Almanaque SOS, comprou taças novas só para o teste e neste artigo vamos te mostrar o resultado do que todos nós queremos saber: Será que funciona?

 

Teste: Como proteger taças na mudança usando meias

Antes de mais nada, o Dario separou suas meias mais grossas (limpas, obviamente), uma meia para cada taça e também testou usar 2 meias mais finas em outras taças, para o teste ser mais completo.

Também será necessário ter uma caixa em um tamanho que comporte bem todos os itens sem deixar muito apertado nem folgado. Daremos mais detalhes sobre isso no decorrer deste artigo.

 

Tendo os materiais, a única coisa que precisamos fazer foi “vestir” as taças com as meias e colocá-las bem organizadinhas dentro da caixa.

 

Por fim a caixa foi selada e o nosso editor claramente não estava pronto para submetê-las ao teste de fogo que estava por vir! hahaha…

 

Teste de impacto

Para garantir que a técnica não é uma furada, o Dario precisava testar se as taças resistiriam a uma possível queda ou impacto durante a mudança. Sendo assim, ele jogou não uma, não duas, mas TRÊS vezes a caixa com as taças novinhas escada abaixo. Tudo pela ciência!

 

Resultado: proteger taças de vidro com meias funciona?

Resposta rápida: sim! Mas… uma das taças envolta na meia mais grossa quebrou.

Embora uma das seis taças usadas no teste tenha quebrado, precisamos ser honestos e supor que dificilmente esses objetos passariam por tamanha pressão quanto as nossas tacinhas sendo jogadas da escada, tadinhas.

Contudo, se você acha que as meias foram as únicas responsáveis por proteger os objetos é aí que você se engana.

 

Entenda a importância do tamanho da caixa

Apesar das meias ajudarem a proteger as taças do atrito e do choque, a caixa também é responsável por amortecer o impacto. Em outras palavras, reduzimos os danos do impacto tanto por usar uma cobertura acolchoada em volta dos itens individualmente, quanto por não permitir eles se chocarem entre si dentro da caixa, visto que não houve espaço para tal.

Vários de nossos seguidores também mandaram essa letra em nossas redes sociais:

“Para diminuir a chance de quebrar, vale usar uma caixa ajustada de forma que as taças não movimentem nela.”, disse Marina Matias em nosso Instagram.

“A taça sua quebrou porque houve espaço na caixa. Repare que eles colocaram as taças sem espaço na caixa.”, observa Simone Werle em nosso TikTok.

“As taças não podem se mexer dentro da caixa, precisa ficar bem apertado!”, complementa Maila Diovana em nossa página no Facebook.

“A única que quebrou foi pela porrada que antecedeu na última queda. Então o método é efetivo, contanto que você não jogue as taças propositalmente.”, conclui Diógenes de Sinope em nosso canal no Youtube.

Em suma, se você não permitir que os objetos se choquem entre si dentro da caixa, estará reduzindo uma das fontes da força do impacto: a interna; deixando o serviço de proteção externa com a caixa.

 

Você sabe o que são isoladores de impacto?

Tão importantes quanto a forma que os objetos serão guardados durante a mudança são os materiais usados para isolar esses itens. Tanto que os profissionais especializados sempre se preocupam em indicar os isoladores corretos para quem planeja enfrentar esse árduo processo de mudança.

Via de regra o papel desses materiais serve para amortecer o choque durante a viagem e são recomendados para a maioria dos objetos como louças, vidros, espelhos, aparelhos eletrônicos, entre outros.

A meia usada no teste é uma gambiarra, mas funciona pois a sua espessura e elasticidade emula muito bem as características protetoras dos principais isoladores de impacto convencionais. Todavia, listamos a seguir os principais tipos de isoladores que são recomendados por profissionais da área:

  • Papelão ondulado: é um material composto por camadas de papelão separadas por um miolo ondulado que é normalmente usado nas caixas e serve tanto para objetos menores quanto móveis de maior porte;
  • Plástico bolha: material composto por polietileno, é vendido em rolos ou em folha individual e é preenchido por bolhas de ar que servem para amortecer o choque, como no caso das meias.. É o mais indicado por ser o mais versátil, já que pode ser usado para isolar praticamente qualquer tipo de objeto;
  • Caixa colmeia: o diferencial desta caixa não é o seu material e sim o seu modelo. Por conter vários compartimentos que separam os itens em seu interior, ela também é ideal para objetos de vidro e enfeites mais delicados.

Agora que você já aprendeu o básico de como empacotar tudo, confira nosso artigo que te ensina 25 dicas extras para manter a sua mudança bem organizada.

 

O que aprendemos com esta dica

  • Na mudança, meias dão conta de proteger as taças;
  • A caixa correta também ajuda a proteger contra os impactos;
  • É preciso não deixar espaço dentro da caixa para que os itens não se choquem;

Confira o vídeo do nosso teste na íntegra.

Fonte(s): noli, Doutor Frete, arbo blog, USP, UFMG
Bruno Oliveira
Atleta virtual, jornalista, podcaster e gamer de esquerda nas horas vagas. Acredita piamente na capacidade do ser humano de ser melhor, sempre. Dog person e pernambucano, observa o mundo em camadas.
tags: copo , cristal , mudança , taça , vidro

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui