• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato

Sinta-se Bem

Como engolir comprimidos (remédio) facilmente

Aprenda a engolir cápsulas, pílulas e afins com o auxílio de uma banana.

Bruno Oliveira Publicado: 01/07/2022 10:24 | Atualizado: 01/07/2022 10:37

Pode até não ser tão comum, mas pessoas que têm dificuldade para engolir remédios existem! A sensação é horrível, parece que você vai engasgar a qualquer momento com o comprimido entalado na garganta.

Se você é uma dessas pessoas, saiba que está no lugar certo, pois neste artigo o Almanaque SOS traz uma dica para você aprender como engolir medicamentos com facilidade usando apenas uma rodela de banana!

 

Engolindo pílulas difíceis de um jeito fácil

Para esta dica, vamos precisar apenas do seu remédio e um pedaço de banana madura.

 

O primeiro passo é cortar uma rodela não muito grossa da banana, pois ela vai servir para ajudar o comprimido a escorregar mais facilmente dentro da garganta.

 

Por fim é só esmagar essa rodela com um garfinho e enrolar no medicamento de maneira que ele fique escondidinho, tal qual o recheio de uma mini coxinha. Feito isso é só engolir, vai descer “lisinho”.

 

Importante: a técnica da banana não vale para qualquer tipo de comprimido

Como bem falado pela seguidora Ellen em nosso TikTok, a recomendação é muito simples:

“Nem todos os remédios podem ser tomados com alimentos, pois pode ocorrer interação medicamentosa que influencia na absorção e no efeito do fármaco.”

Separamos uma lista com alguns tipos de medicamentos que não são recomendados de serem ingeridos junto com alimentos e suas indicações, segundo o portal Tua Saúde:

  • Anti-hipertensivos: responsáveis por controlar a pressão arterial;
  • Diuréticos: geralmente usados para regular problemas cardíacos;
  • Antiarrítmicos: parte do tratamento para doenças do coração;
  • Anticoagulantes orais: servem para retardar o processo de coagulação do sangue;
  • Anti-hipercolesterolêmicos: agem reduzindo o colesterol ruim e os triglicerídeos do sangue;
  • Antidiabéticos orais: responsáveis por diminuir os níveis de glicose no sangue;
  • Antibióticos: normalmente usados para tratar infecções.

Esses são apenas alguns exemplos, a lista é tão grande que seria impossível listar todos aqui. Além disso, alguns remédios precisam ser ingeridos em jejum, pois sua reação depende da interação desses medicamentos com o suco gástrico no nosso estômago.

Outro ponto importante a ser levantado é que nem todo alimento vai desencadear uma reação negativa no efeito do remédio. Ou seja, alguns remédios vão se ‘dar bem’ com algum tipo de alimento enquanto outros não. Essa relação precisa ser verificada caso a caso.

Na dúvida, consulte o seu médico ou siga a dica da Rayani Lima, uma de nossas seguidoras no Facebook:

“Para quem vai testar a dica, é sempre bom ler a bula do medicamento antes… Na bula sempre vem listado as interações com os alimentos, então antes de tomar dá uma lida na bula para ver se não tem problema.”

Aproveitando que estamos nessa jornada do saber sobre o que fazer ou não fazer com remédios, confira nosso outro artigo falando sobre diluir comprimido de remédio na seringa. Pode ou não pode?

 

Por que o comprimido fica preso na garganta?

Segundo artigo publicado no site do Hospital Oswaldo Cruz, a dificuldade de engolir substâncias líquidas ou sólidas é chamada de disfagia e pode ser até uma questão psicológica.

A publicação ainda explica que existem dois tipos de disfagia, por exemplo:

  • Disfagia orofaríngea: quando se tem dificuldades de engolir a substância entre a garganta e a faringe.
  • Disfagia esofágica: quando a dificuldade se dá a partir da passagem da substância entre o esôfago e o estômago.

Conforme o artigo, ambos os casos podem ser derivados de alguma questão psicológica, mas também podem ser sinais de doenças graves como Parkinson, diabetes, doença de Chagas entre outras. Por esse motivo, segundo especialistas, caso você tenha esse problema com frequência o recomendado é que procure um médico.

 

O que fazer se o remédio ficar preso na garganta?

O Grupo ABS Farma publicou um artigo em seu blog, explicando quais são as complicações possíveis no caso do comprimido ficar preso na garganta. A mais provável é que haja uma inflamação no esôfago, caso a cápsula fique grudada. Como consequência a pessoa pode sentir queimação e dor na garganta e no peito, além de falta de ar.

O artigo também sinaliza o que fazer, caso você tenha dificuldade de engolir medicamentos:

  1. Se possível, tomar comprimidos com pelo menos um copo d’água.
  2. Tomar os medicamentos de pé ou sentado, nunca deitado.
  3. Evitar deitar-se por pelo menos 15 minutos após a ingestão de algum remédio.

Fonte(s): Hospital Oswaldo Cruz, ABS News, Tua Saúde
Bruno Oliveira
Atleta virtual, jornalista, podcaster e gamer de esquerda nas horas vagas. Acredita piamente na capacidade do ser humano de ser melhor, sempre. Dog person e pernambucano, observa o mundo em camadas.

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui