• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Faz Tudo

chevron_left
chevron_right

Como economizar água

3 Sugestões para quem não entende NADA sobre hidráulica domiciliar.

Uma das economias mais importantes – e que todos deveriam fazer – é a de água. Não só pelo ganho na hora de pagar a conta, mas principalmente porque é um bem que em breve se tornará escasso. Isso mesmo: previsões da ONU indicam que entre 2020 e 2030 cerca de 1,4 bilhão de pessoas no mundo terão dificuldade de acesso ou falta crônica de água potável.

44037-johnny-depp-oh-my-god-gif-9IAv

No caso tupiniquim, o abastecimento de água se torna cada vez mais um grande desafio, especialmente nas metrópoles. Para se ter uma idéia, a cidade de São Paulo, com 12 milhões de habitantes, precisa se abastecer em mananciais distantes mais de 100 quilômetros da capital, pois todos os demais estão no limite da capacidade de abastecimento.

E o brasileiro mostra baixíssimo comprometimento com a economia de água potável. Ao passo que um europeu consome por dia 125 litros de água, um brasileiro consome mais de 180 litros, pouco menos do que os americanos (sempre eles), recordistas em gastos (mais de 200 litros). Isso sem falar da perda existente na distribuição da água tratada, que chega a quase 40% e que ocorre a partir de vazamentos em tubulações subterrâneas, vazamentos domésticos, desvios etc.

Não custa lembrar que, embora 70% do planeta seja coberto de água, apenas 3% dela é potável, sendo que destes, 2,5% estão congelados nos pólos. Você certamente não vai querer viajar até a Antártida para beber água…

tumblr_lo9et1q9711qzbyhpo1_500

Se você é solteiro, ficou com a língua seca ao ler o trecho acima e, além disso, não entende NADA sobre hidráulica domiciliar, então esta matéria pode ser bem útil. Afinal, um sistema hidráulico bem cuidado ajuda (e muito) na economia. E se você, ainda por cima, é um “ecochato”, daqueles que fazem passeata pela conservação das árvores, pássaros e rios, terá como mostrar a todos os seus amigos que sua “ecochatice” não é apenas retórica.

 

Vamos ao que interessa!

Eis abaixo três dicas importantes, selecionadas de acordo com a freqüência que o problema se manifesta em qualquer residência:

 

#1 Caixa de descarga vazando

Mesmo que só um pouquinho, pode jogar 50 litros de água fora por dia.

tumblr_mlz8r6gpFh1rcy99do1_400

Isso significa 1,5 m3 (ou 1.500 litros) por mês. Para detectar se sua descarga está vazando, observe se a água residual do vaso está totalmente inerte, parada. Caso desconfie, jogue um pouquinho de pó de tijolo no vaso (ou qualquer farelo – que afunde – que tiver) e observe se ele é “empurrado” pela água assim que afundar.

Se sim, você tem perda de água. Na maioria das vezes basta regular a bóia da caixa de descarga (seja ela convencional ou acoplada ao vaso). A regulagem é simples, pois a haste da bóia possui apenas um ponto de aperto em sua extremidade. Ajuste sua inclinação até estancar o vazamento. Se houver desgaste na junta de vedação na parte de baixo da caixa, é possível comprar um “reparo da caixa acoplada” e substituir as peças com facilidade.

toilet tank

Diversos vídeos na internet mostram detalhes da operação. Ah, não se esqueça de fechar o registro geral, para evitar perda de água à toa.

Ajuste do Parafuso (Ponto de aperto)

Troca Completa do Reparo

 

#2 Chuveiro pingando

Pode dar um grande prejuízo, podendo jogar 80 litros de água fora por dia.

tumblr_mecyzhtrGJ1qe9ju8

Isso significa 2,5 m3 (ou 2.500 litros) por mês. O vazamento, em geral, se dá pela vedação deficiente no registro de abertura da água. Para consertar comece fechando o registro geral, para bloquear a água da caixa.

hidraulica 12jpg

Basta então desparafusar a tampinha do miolo do registro com um alicate. Retire, com uma chave de fenda, o parafuso que está ao centro e com outro alicate remova a rosca do lado de fora e retire o “eixo” central. Compre um novo em lojas de materiais para construção (é bom levar a peça defeituosa para conferir o modelo) e depois remonte. Abra o registro geral, o registro do chuveiro, feche-o e confira se está tudo em ordem.

 

#3 Torneira pingando

Pode gerar um desperdício semelhante ao da caixa de descarga com vazamento.

tumblr_mm4qiecDg01ql5yr7o1_500

Como existem muitos modelos diferentes de torneiras, o exemplo que vamos dar é para o modelo mais comum de todas elas, a chamada “torneira de compressão” (comum em jardins, pias, tanques).

Observação do Editor: Caso tenha dúvidas, fizemos um outro passo a passo ilustrado de como consertar o pinga pinga da pia.

A primeira coisa a fazer é fechar o registro geral, evitando perda de água desnecessariamente. Em seguida, com um alicate de pressão ou chave de ajuste, tente apertar a porca da gaxeta (elemento de vedação) que se situa logo abaixo da manopla da torneira. Tome cuidado para não avariar a porca.

hidraulica 3

Se não funcionar, você precisará substituir a gaxeta (elemento de vedação, também conhecido por muitos como ”courinho”). Essa gaxeta, dependendo do modelo da torneira, pode ser uma só peça ou pode parecer-se com um barbante ou um fio de lã macio e espesso enrolado em volta da haste, debaixo da porca da gaxeta.

hidraulica 4
Para substituí-la, solte a porca da gaxeta e remova a porca e a gaxeta antiga da haste da torneira. Encaixe a gaxeta nova. Caso você utilize o material de gaxeta parecido com barbante, dê algumas voltas ao redor da haste. A gaxeta que lembra um barbante macio é enrolada ao redor da haste somente uma vez. Monte o conjunto novamente da mesma forma. Abra o registro geral e confira a solução do problema.

 

Sugestão Extra do Editor: Por favor, NÃO USEM ÁGUA (EM MANGUEIRAS) COMO VASSOURA! Use um balde.

cron231

 

Apoio

Marido-de-Aluguel-banner-left

 

Sergio Luiz de Jesus
Consultor de gestão empresarial e jornalista, formado em Ciências Humanas pela USP e pós-graduado em Marketing e Comunicação pelo Mackenzie. Em mais de 20 anos de atuação atendi diversas empresas. Atualmente, a SOS Marido de Aluguel está entre nossos clientes.

Tá na rede!

Quero mais!

Veja mais artigos!

Em caso de chefe
clique aqui