• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Faz Tudo

chevron_left
chevron_right

Como deixar a privada realmente impecável, segundo especialistas

Menos de 3 minutos, as dicas certeiras para ficar livre de bactérias.

Rui Davi Publicado: 11/05/2016 15:35 | Atualizado: 11/05/2016 15:46

Quando decidimos sair da casa dos pais, a gente bem sabia das responsabilidades que viriam com essa decisão. Pagar as contas, fazer a própria comida, lavar a roupa, tudo isso é fichinha perto de uma tarefa realmente angustiante: limpar o banheiro.

Dar aquele “tapa” no vaso sanitário então, assusta muita gente!

Como o que nós queremos é nos livrar logo dessa parte da faxina, acabamos não limpando corretamente e isso, além de ser bem nojento, pode ser um risco para a saúde.

Para nos ensinar quando e como deixar o vaso perfeitamente limpo rapidamente, o site El País Brasil consultou alguns especialistas que ensinaram a forma correta de higienizar o trono, e de quebra eles esclarecem algumas dúvidas importantes.

Como deixar o vaso impecável, segundo especialistas

Você vai precisar de:

  • 1 Escova de Dentes
  • 1 produto Limpador de Vaso Sanitário
  • 1 Limpador Multiuso em spray
  • 1 Escova de Banheiro
  • Papel Toalha (pode usar um pano, mas antes de usar você deve deixá-los de molho na água sanitária ou no desinfetante durante a noite, ou então lavar na máquina e deixar secar bem) 
  • Luvas de Limpeza

Como fazer

Retire qualquer objeto que esteja no vaso, como aromatizadores ou proteção para tampa.

Passe o limpador em spray nos dois lados do assento, nos dois lados da tampa, na base do vaso e em toda a área externa, incluindo o botão de descarga. Deixe agir.

Borrife mais um pouco do limpador nos locais mais apertados e difíceis de limpar e com a ajuda da escova de dentes esfregue esses cantinhos.

Faça o mesmo processo, esfregando também na área dos parafusos.

Agora com o papel toalha retire o produto limpador de todas as partes aplicadas.

Não esqueça de passar embaixo dos assentos.

E também na base.

Depois, espirre o limpador de vaso na parte onde desce a água da descarga.

Depois despeje o limpador de vaso em todo o interior.

Com a escova de banheiro esfregue bem toda a parte que sai a água.

E depois vá esfregando todo o interior do vaso, em movimentos circulares, de cima para baixo.

Dê descarga e deixe a água escorrer na escova para enxaguar.

Para secar a escova, segure ela na horizontal com a ponta acima do interior do vaso e espere a água cair.

Essa limpeza foi realmente muito fácil e eficaz, já que foram usados produtos específicos para cada parte do vaso.

O limpador multiuso em spray facilita muito a aplicação e o uso do papel toalha é uma boa ideia, pois você tem à mão um papel seco sempre que precisar. Além disso, colocar as luvas traz a sensação de que você não está metendo a mão na sujeira.

Seguindo essa dica seu vaso vai ficar seguro, lindo e cheiroso rapidinho.

A frequência da limpeza

Segundo Dra. Maite Muniesa, do Departamento de Microbiologia da Universidade de Barcelona, a limpeza do vaso depende de quantas pessoas o usam.

Por exemplo, em uma casa o ideal é que seja de 2 em 2 dias (ou todos os dias se alguém estiver doente ou por algum motivo o suje mais do que o normal) e se o banheiro for público, deve ser lavado todos os dias. Em casas com crianças pequenas ou com idosos, a limpeza deve ser mais constante.

No geral não se deve exceder duas semanas, e usar um produto desinfetante e um desincrustante, recomenda DrGuilhermo Díaz, diretor de Assuntos Técnicos e Regulamentares da ADELMA (Associação de Empresas de Detergentes e Produtos de Limpeza da Espanha).

O risco de deixar sujo

Esse estudo, publicado no site Medscape mostra que dar descarga com a tampa aberta transmite 12 vezes mais bactérias do que com a tampa fechada.

Mas apesar da quantidade ser grande (como também mostra essa outra pesquisa publicada na American Society for Microbiology), segundo Dra. Muniesa, elas não necessariamente provocam doenças.

Mas de acordo com Dr. Diáz, essas bactérias são do tipo dérmico e oferecem pequeno risco aos humanos, mas ainda sim há perigo. Existem alguns micro-organismos que, mesmo em menor quantidade, se entrarem em contato com a boca, podem causar doenças urinárias, respiratórias ou gastrointestinais.

Então, o melhor é sempre lavar bem as mãos depois de usar o banheiro, a fim de evitar contaminações.

A forma certa de limpar

Devemos nos preocupar mais com os locais onde há contato com a pele, pois contém mais bactérias do que o interior do vaso, já que após o uso, a descarga faz um limpeza, diz Dra. Muniesa.

Segundo ela, para acumular menos bactérias, a pessoa que usar o assento sanitário deve ter uma boa higiene pessoal, dar descarga e passar um pano na superfície onde teve contato.

Para Dr. Díaz, a limpeza deve ser maior na tampa, assento e no botão de descarga. Ele recomenda o uso de luvas exclusivas para limpar o vaso, mas elas seriam mais para não irritar a pele com os produtos químicos usados, do que pelas bactérias. As luvas não são obrigatórias, já que após a limpeza basta lavar as mãos que fica tudo certo.

Fonte(s): El País
Rui Davi
Comunicador baiano que toca guitarra e ainda espera ser um astro do Rock. Enquanto isso, se contenta em escrever. Fã de boas histórias. Faz roteiros, fotografa, edita videos, canta e sapateia.

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui