• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Crossfit Mental

chevron_left
chevron_right

Regra de Ouro: Com esse truque simples sua fotografia vai merecer um prêmio

A técnica já foi usada por grandes gênios da humanidade.

Se você é fã de fotografia e adora sair por aí fazendo altos cliques, deve ter se deliciado com esse artigo onde ensinamos 9 truques para suas fotos ficarem ainda mais espetaculares.

Acontece que a técnica sugerida no texto, “Regra dos Terços“, uma dica muito popular e eficiente para enquadrar a foto, parece que não é tão incrível assim. Pelo menos, é isso o que afirma o Cara da Foto, canal especializado em fotografia.

Essa “regrinha dos terços” consiste em dividirmos a fotografia em 9 quadrados, traçando duas linhas horizontais e duas linhas verticais. Feito isso, basta enquadrar o objeto principal da foto próximo aos 4 pontos onde essas linhas se cruzam, no quadrado central.

Acredita-se assim que esse tipo de enquadramento terá uma influência positiva no resultado final da imagem, deixando-a mais atrativa, interessante e poderosa aos olhos do público.

De acordo com Ricardo Polesso, um dos especialistas por trás do “Cara da Foto”, essa, apesar de realmente cumprir o que promete, não é a única. A “regra de ouro” é uma alternativa ainda mais interessante.

Regra de Ouro (“Golden Ratio”)

Conhecida também como “Proporções Áureas” ou “Proporções Douradas“, a “Golden Ratio” é uma regra muito mais antiga que a mencionada anteriormente, seu uso se dá antes mesmo da invenção da fotografia, como na arquitetura da Grécia Antiga ou nas obras de grandes gênios da humanidade, como Boticelli e Leonardo da Vinci.

Ela utiliza de uma sequência numérica criada pelo italiano Leonardo Fibonacci no final do século 12, que ao serem dispostos de forma geométrica traçam uma espiral de forma tão perfeita e orgânica que podemos vê-la representada em vários locais na natureza, como na concha de um caramujo, no movimento de crescimento de plantas, etc.

Espiral de Finobacci

Segundo Polesso, ao seguirmos o modelo desse espiral para enquadrarmos nossa imagem, teremos uma fotografia mais natural, orgânica, menos “quadrada” e muito mais agradável aos olhos humanos.

Ou seja, ao invés de centralizarmos o foco da nossa fotografia entre os espaços propostos na regra dos terços, devemos montar nossa imagem de forma que o início do espiral represente o foco principal da imagem e conforme o desenrolar do espiral, outros objetos vão sendo “revelados” para compor a foto.

É importante dizer que existe uma proporção áurea, que respeita a espiral, muito parecida com a regra dos terços:

Veja abaixo a diferença entre a “regra de ouro”, ou proporção áurea (em branco) e a “regra dos terços” (rosa):

Por estes motivos que muitos dos grandes fotógrafos da atualidade combinam essa regra de ouro com outros truques fotográficos para compor suas imagens.

É a representação de um movimento natural, usado por grandes gênios e que agora pode ser o segredo para sua chuva de likes.

Veja abaixo alguns exemplos de como enquadrar sua imagem de acordo com o “Espiral de Finobacci”

 

Veja abaixo o vídeo completo com a explicação de Polesso:

Fonte(s): Cara da Foto Oficial - Facebook, Cara da Foto - Youtube, Dicas de Fotografia, Entre Culturas
Redação - Almanaque SOS
Sempre tem jeito. Acompanhe o SOS também pelo Facebook, Instagram e Twitter

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui