• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Sem Crise!

Cole já um adesivo no código de segurança (CVV) no seu cartão do banco

Com os 3 números, golpistas podem realizar compras pela internet.

Você já parou para pensar que o código de segurança dos cartões de crédito pode ser uma verdadeira cilada? É um tanto quanto estranho algo que, teoricamente, sirva para proteger nossos dados também nos deixe vulneráveis a golpes.

Quando realizarmos compras físicas, pessoalmente, temos que digitar nossa senha na maquininha de cartão. Já para compras online, o esquema é outro. O que nos é pedido são as informações que constam no cartão: número, data de vencimento e código de segurança do cartão (CVV), além do CPF do titular.

Aí é que mora o perigo: caso alguém tenha acesso aos 3 números do CVV, pode facilmente realizar compras pela internet utilizando o limite do verdadeiro titular.

CVV.

Mas de que forma uma pessoa pode conseguir essas informações?

São inúmeras formas. Se alguém perde a carteira com cartões e documentos, por exemplo, já está feito o combo perfeito caso quem encontre queira aplicar um golpe.

Além disso, há registros de fraudes onde os golpistas obtém as informações do cartão até mesmo por imagens do circuito interno de alguns estabelecimentos – sem contar nos esquemas mais elaborados de clonagem de cartão de crédito, a fraude mais frequente no Brasil (2018 registou mais de 3 golpes por minuto).

Um tópico de discussão na Comunidade Nubank levantou o assunto da segurança dos cartões de crédito:

Tem umas dicas excelentes e fáceis de serem aplicadas:

Para garantir a segurança de seus clientes, algumas instituições financeiras já possuem, dentro de seus aplicativos, um cartão de crédito virtual, exclusivo para compras online – dessa forma, o cartão físico é utilizado exclusivamente para comprar presenciais.

Caso essa alternativa não esteja disponível para você, uma forma de proteger seus dados é ocultando o código de segurança – conforme sugeriram na conversa reproduzida acima.

Para começar, você pode se proteger colando um simples adesivo em cima dos números. E se quer garantir, raspe o código.

Nesse último caso é necessário memorizar a sequência para compras futuras.

Esconder o CVV do seu cartão é uma medida simples que pode evitar muita dor de cabeça futura. Afinal, o seguro morreu de velho, não é mesmo?

Fonte(s): Proteste, Serasa Consumidor, O Globo, Estadão
Daiane Oliveira
Jornalista, feminista e mãe. Discute religião, política, sexo e hábitos sustentáveis. Não discute futebol porque não entende. Quem sabe um dia.

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui