• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato

Vai, planeta!

Cientistas criam “Concreto Vivo” que se regenera sozinho

Em apenas algumas semanas, ele preenche fissuras e rachaduras da estrutura.

Dario C L Barbosa Publicado: 30/08/2016 16:13 | Atualizado: 30/08/2016 16:13

O que você diria se, no futuro, começassem a criar prédios e construções que se regenerassem sozinhos, igual a pele humana?

Pois prepare o que dizer, pois este futuro já chegou. Criaram um tipo de concreto capaz de arrumar sozinho as fissuras e rachaduras em sua estrutura.

Pesquisadores holandeses da Universidade Técnica de Delft desenvolveram o bioconcreto, um espécie de concreto comum que preenche rachaduras e fissuras em semanas sem ninguém ter que fazer nada para isso. Para criar o produto, os cientistas acrescentaram ao cimento comum uma bactéria que fica adormecida até entrar em contato com luz e umidade.

Também colocaram lactato de cálcio, o alimento preferido dessas bactérias, que na natureza estão presentes em lugares inóspitos como crateras e vulcões em atividade. Sabe como a mágica acontece? Ao surgir uma fissura, a umidade e a luz despertam a bactéria, que come o lactato de cálcio transformando-o em calcário – elemento que preenche as rachaduras.

Ou seja, é tipo o “cocôzinho” da bactéria que preenche os vãos do concreto. Demais, né? A chateação é que ele custa 40% a mais, mas oferece mais segurança à qualquer construção, além de ajudar o meio ambiente, já que, segundo o site Papo de Primata, 7% das emissões de dióxido de carbono são feitas pela fabricação de concreto.

Veja o vídeo postado pelo canal da Universidade (em inglês):

Fissuras sendo preenchidas após algumas semanas.

Fissura em parede de concreto regenerada.

Fonte(s): Papo de Primata, Industry Tap
Dario C L Barbosa
Fundador e editor do Almanaque SOS. Paulistano, formado em Comunicação Social, trocou os anos em redes de rádio e televisão pela internet em 2012. Vegetariano, meditante e ecossocialista na luta por consciência e equidade. ( Twitter - Instagram ).

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui