• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Sinta-se Bem

Usar fio dental antes ou depois de escovar os dentes? A ciência responde!

O que os estudos científicos tem a dizer sobre o tema.

  • Combinar escovação e fio dental combate a gengivite.

  • Usar fio dental antes da escovação é mais eficiente.

  • Não importa a marca do seu fio dental, são todos iguais.

Escovar os dentes e utilizar limpadores interdentais, mais conhecidos fio dentais, é algo que a gente faz todos os dias – ou ao menos deveria fazer. Essa necessidade diária foi comprovada pela ciência, como demonstrou (veja aqui) o médico estadunidense Michael Greger, especialista em nutrição, em seu canal Nutrition Facts.

Após debulhar o assunto, ele levanta uma boa pergunta, qual a ordem correta: escovar os dentes e passar fio dental ou passar fio dental e escovar os dentes? Há quem diga que não faz diferença, mas, segundo os estudos científicos, não é exatamente assim que as coisas funcionam.

Greger alimenta seu canal no YouTube com vídeos sobre medicina baseada em evidências, com ênfase em hábitos saudáveis e alimentação natural; e foi também com base em estudos científicos que o médico explicou que:

O melhor é passar fio dental primeiro e só depois escovar os dentes.

No vídeo citado, o médico faz um apanhado histórico do uso do fio dental, citando inclusive que estudos feitos há alguns anos sugeriam que o uso de fio dental não era tão eficaz como se pensava.

Posteriormente, novos estudos apontaram que era prematuro dizer que o fio dental era desnecessário, já que ele contribui efetivamente na promoção da saúde bucal, principalmente contra a gengivite. O que faltava, então, era uma pesquisa que avaliasse com maior precisão a eficácia do produto em relação a ordem: escova de dente – fio dental.

Em 2018 isso foi feito. No grupo dos participantes que passaram o fio dental primeiro, foi observado uma melhor higiene bucal; quando passamos o fio, a sujeirinha que estava entre os dentes acaba ficando solta dentro da boca e, com a escovação feita em seguida, ela é removida da melhor forma.

Além disso, remover primeiro a placa bacteriana entre os dentes, com o fio dental, permite que o flúor da escovação se espalhe com maior facilidade, inclusive nos pequenos espaços entre um dente e outro.

RESULTADOS: No grupo fio dental > escova, a placa interdental e toda a placa foi significativamente reduzida em relação ao grupo escova (…) As concentrações de flúor na placa interdental foram significativamente maiores no grupo fio dental > escova do que no outro grupo.

Michael Greger cita ainda uma questão curiosa: se o fio dental contribui, de fato, para a saúde bucal, a indústria deveria ter financiado mais testes que comprovassem a eficácia de seu produto, não?

Em partes. Fabricantes não estão interessados em pesquisas sobre o assunto porque já existem indícios científicos de que não há diferença significativa entre as marcas de fio dental. Então, apesar de conseguir provar que o fio dental funciona, uma marca não consegue convencer o consumidor a escolher seu produto e não do concorrente, porque basicamente todos são iguais.

Ou seja: escolha a marca de fio dental que você quiser, pode ser o mais barato do mercado, mas use o produto sempre antes de escovar os seus lindos dentes.

 

Veja o vídeo completo (com legenda em português):

Daiane Oliveira
Jornalista, feminista e mãe. Discute religião, política, sexo e hábitos sustentáveis. Não discute futebol porque não entende. Quem sabe um dia.

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui