• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato

Comes & Bebes

chevron_left
chevron_right

Champanhe: Você bebeu da forma errada sua vida toda

7 Dicas surpreendentes da Moët & Chandon.

Rodrigo Guarizo Publicado: 03/09/2014 14:45 | Atualizado: 12/10/2019 11:48

Seja no ano novo, no seu aniversário ou quando se sai muito bem alguma coisa, a champanhe sempre está relacionada a celebrações; tomar meia garrafa – ou derramar por aí  caso você seja um piloto – não parece muito difícil. Mas saiba que consumir a sua ~champa~ não é tão simples assim.

divas_chapanhe_sos_solteiros

Com a experiência de quem está na sexta geração de produtores da bebida, Elise Losfelt, da Moët & Chandon, falou ao Huffington Post que existem maneiras corretas de beber champanhe, preservando aromas e sabores. Confira.

 

1. As taças tradicionais são legais apenas visualmente

Para Losfelt, taça coupe é a ideal para apreciar as qualidades de uma champanhe. As taças tradicionais compridas impressionam em comemorações por mostrar bem as bolhas, mas por serem estreitas, acabam sufocando os aromas e sabores. Já as taças coupe, com a boca extra aberta, permitem o contato com o ar, o escape das bolhas, permitindo ao bebedor o desfrute do que a bebida tem de melhor.

— Isso, Leo, é essa taça mesmo!

 

2. Champanhe combina com gordices

Pode parecer que champanhe é uma bebida destinada a acompanhar iguarias, mas estávamos errados. O sabor fica bem melhor quando consumida com alimentos salgados e gordurosos – especialmente com a Champagne Rosé. Então traga o frango frito, cachorro-quente, molho para churrasco e batatas fritas

bluesbrothers_chapanhe_sos_solteiros

 

3. Não encha muito a sua taça

Se encher mais do que um terço da taça, a bebida irá esquentar muito rápido e você não vai apreciar como deveria.

— Pronto, agora vai estragar.

 

4. Você abre a garrafa da maneira incorreta 

Este processo de três etapas irá garantir o controle total sobre a garrafa borbulhante: Coloque o dedão sobre a rolha. Torça a armação de arame, sem tirá-lo do lacre. Agora gire a garrafa para soltar a rolha, e não o contrário.

— Não, Elvis, assim não pode.

 

5. Não guarde a champanhe na geladeira por muito tempo

Não deixe a sua champanhe guardada na geladeira por muito tempo. O ideal é guardar a garrafa em um lugar fresco e escuro até que você decida a hora de consumir. Losfelt diz que se ela ficar na geladeira por muitas semanas, a rolha irá secar, perdendo a vedação e oxidando a champanhe mais rápidamente – mudando os aromas. Coloque a garrafa na geladeira por no máximo três ou quatro dias.

geladeira_chapanhe_sos_solteiros

 

6. Não segure a taça pelo bojo

A temperatura da sua champanhe é muito importante para que o sabor seja mantido. Se você não segurar a taça pela haste, sua mão vai aquecer o líquido muito rapidamente.

— Isso! Só errou no copo.

 

7. Não consuma apenas em ocasiões especiais

Falamos lá em cima sobre beber champanhe em ocasiões especiais, mas esqueça isso, ok? Embora ela dê a impressão de acentuar esses momentos, saiba que ela deve se consumida a qualquer momento, sem que você tenha uma ocasião específical, afinal, especial é abrir a garrafa e beber uma boa champanhe.

— Champanhe para quem tem sede!

 

Fonte: huffingtonpost

Rodrigo Guarizo
Jornalista em formação, já passou pelo Portal ObaOba e já brincou de social media, além de produzir festas por São Paulo e rodar o país tocando em baladas. Dono do incrível poder da memória inútil, conta histórias ricas em detalhes que ninguém se importa. Mas são legais.

Em caso de chefe
clique aqui