• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Vai, planeta!

Carvão Ativado pode salvar a vida do seu animal de estimação

Em casos de intoxicação e envenenamento ele faz a diferença.

Infelizmente é comum. Milhares de animais tem suas vidas interrompidas pelo envenenamento. Seja por plantas, produtos químicos ou até por conta de algum vizinho monstruoso.

Nesses casos, o carvão ativado pode ser a salvação!

Já falamos dele aqui no SOS, por suas propriedades que clareiam os dentes e pelo seu recente uso na culinária.

Porém, apesar do Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido ter aprovado seu uso apenas para tratar flatulências, o carvão ativado (ou vegetal) também é conhecido como um incrível antídoto contra intoxicações e envenenamentos.

Tanto humanos como animais podem contar com o uso do carvão ativado quando aparecerem os sintomas da intoxicação, pois, segundo este estudo, desenvolvido pela Faculdade Unilago, ele age no organismo como uma poderosa esponja, absorvendo todas as toxinas do estômago, evitando que elas entrem na corrente sanguínea.

Isso acontece pois ele é feito basicamente de carbono e possui milhares de pequenos poros em sua estrutura. Esses “buraquinhos” conseguem “chupar” moléculas de gases, líquidos e qualquer outra substância tóxica lá pra dentro. Depois tudo isso é eliminado pelas fezes e não absorvidos pelo organismo.

É carvão de churrasco?

Nada disso. O carvão ativado, ou vegetal, pode ser encontrado geralmente em farmácias. Ele costuma ser bem baratinho, é vendido em pó, cápsulas ou comprimidos.

Carvão ativado em comprimidos

De acordo com o site especializado em medicina veterinária, Veterinary Medicine, o carvão ativado não faz mal aos animais (nem aos humanos), portanto não tem contra-indicação.

Se perceber algum comportamento estranho em seu animal, ou notar sintomas como convulsões, o bichinho não responde aos seus estímulos, salivação excessiva, vômitos, tremores musculares, fraqueza, sangue na urina e/ou diarreia, leve o animal imediatamente ao veterinário.

Mas não basta usar do bom senso e ter um aí na sua caixinha de remédios. Você precisa saber como administrar o “antídoto”.

É importante deixarmos claro que o uso do carvão ativado não elimina a necessidade de consultar um especialista.

O carvão ativado vai agir apenas para te dar tempo de correr até o hospital, ele não vai “curar” o seu bichinho.

Por este motivo, deve ser dado ao animal em até 30 minutos depois da ingestão da substância tóxica, pois nesse tempo o organismo ainda não absorveu o veneno; outra dica, opte pelo carvão em cápsulas ou comprimidos, é mais fácil de dar ao animal.

Fique atento, essa iniciativa só pode ser feita se o animalzinho ainda estiver consciente. Não tente dar o carvão ao cão ou gato se eles estiverem desacordados. O risco de asfixia é grande. E já sabe, deu o carvão, corre para o veterinário!

Fonte(s): Cães Online, Green Me, 6 Patas, Veterinary Medicine, Brasil Escola
Redação - Almanaque SOS
Sempre tem jeito. Acompanhe o SOS também pelo Facebook, Instagram e Twitter

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui