• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Comes & Bebes

chevron_left
chevron_right

“Carne louca” de Casca de Banana: uma receita deliciosamente sustentável

E não se preocupe, não tem gosto e nem textura de banana.

Geralmente, ao comer uma fruta ou usá-la para alguma receita, as pessoas separam a parte comestível, da parte que supostamente “não serve”, como a casca.

Normalmente o destino dessas sobras, quando não se tem uma composteira, é o lixo.Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 30% da população joga fora os alimentos comprados. No Brasil, diariamente é desperdiçado cerca de 40 mil toneladas de alimentos, de acordo com dados da Embrapa.

Esses números escandalosos escondem velhos hábitos de consumo, por exemplo, grande parte desse desperdício envolvem talos e cascas que não são usados, folhas e frutas machucadas.

Mas, ao contrário do que se pensa, as cascas são a parte mais nutritiva das frutas. Isso porque, elas recebem mais energia solar e contém mais fibras. E se você acha que pode fazer mal a sua saúde, produzimos um artigo todinho sobre isso. Leia aqui.

Então, que tal pensar sobre isso e aprender uma receita prática que ajuda reduzir o desperdício dentro de casa?

 

Carne louca de Casca de Banana

É difícil alguém não gostar de banana, né? Mas se você não gosta, não se preocupe, pois, o sabor dela não é realçado nesse prato. E a textura é muito semelhante a cenoura cozida.

Você pode usar a casca de qualquer banana (banana pratabanana maçãbanana- da-terra). Inclusive a casca da banana verde. Nessa receita utilizei a banana-da-terra. Você também pode congelar a casca da banana e na hora de fazer a receita só descongelar. Igual você faz com carne.

Passo a Passo

Você vai precisar de:

  • Casca de 4 Bananas
  • Suco de 2 Limões (pode usar vinagre na mesma quantidade)
  • 1 Cebola média picada
  • 4 dentes de Alho
  • ½ Pimentão Verde (mas pode ser qualquer um)
  • 1 Tomate médio picado
  • 2 colheres de sopa de Azeite
  • 1 sachê de Molho de Tomate
  • 2 colheres de Shoyu
  • ½ xícara de Água
  • ½ maço de Coentro (se não gosta, não use)
  • Sal e temperos

Como fazer

Primeiro descasque a banana e raspe a parte branca das cascas.

Com uma faca raspe a parte branca da casca.

Depois corte as cascas da banana em tiras bem fininhas. Bem fininhas mesmo.

Em seguida, coloque-as de molho em água com o suco de limão ou vinagre por 30 minutos. Isso irá aliviar a adstringência da banana.

As cascas vão ficar um pouco pretas, é normal.

Enquanto a banana está marinando, comece a picar os ingredientes.

Pimentão, cebola, coentro, tomate e alho picados.

Com tudo cortadinho, em uma panela em fogo médio, doure a cebola e o alho no azeite por alguns minutos.

Adicione o pimentão e o tomate e deixe refogar por cinco minutos. Acrescente os temperos de sua preferência, eu coloquei tempero baiano.

Mexa bem para o tempero pegar nos legumes e misture o shoyu. Deixe refogar por mais alguns minutos.

Junte as cascas escorridas, o coentro e o molho de tomate ao refogado e deixe cozinhar até que as cascas estejam macias, demora cerca de dez minutos.

Por último, acrescente o sal, se achar necessário.

Deixe cozinhar por uns 15 minutos.

A carne louca de banana é sustentável e um dos alimentos que melhor combina o baixo índice glicêmico com alto índice de saciedade. Além de ser uma ótima forma de aproveitamento de recursos.

Para completar, é um produto barato e fácil de encontrar. E quer saber? É uma delícia!!

A textura em nada lembra que você está comendo a casca de uma banana. Ao morder parece que lembra muito uma cenoura cozida, como dito antes. Lembrando que ao cozinhar, você pode verificar o quão mole já está a casca e assim deixar de acordo com o seu paladar

Espere esfriar e sirva.

Essa receita é uma opção para reduzir o consumo de carne. Um pedido que pesquisadores estão fazendo a população. Segundo estudos, no ritmo atual a demanda por carne vermelha deve apresentar um crescimento de 88% entre 2010 e 2050.

A redução do consumo de carne, de acordo com especialistas, é a solução para que no futuro seja possível alimentar a todos sem destruir o planeta. Além disso, uma mudança de hábito alimentar ajudaria a conter a emissão de gases de efeito estufa e a exploração da terra.

Faça e experimente!

Fonte(s): Green Me, Melhor com saúde, Meio Ambiente Cultura Mix, O globo, Agencia Brasil
Aline Vilela
Jornalista, se acha blogueira de Instragram. Gosta de tirar selfies e fotos do look do dia. Não come queijo, só se for na pizza (como é que é?). Arroz é por baixo e feijão por cima. Ama ler e passou a adolescência entretida com romances água com açúcar.

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui