• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Vai, planeta!

Cápsulas comestíveis que substituem garrafas e copos de plástico já são realidade

As embalagens desaparecem em cerca de 6 semanas.

Não é uma informação nova o fato de que enfrentamos uma crise mundial com uso excessivo e descarte inadequado de plástico. A ONU já alertou que, se mantivermos os padrões atuais, em 2050 os oceanos terão mais plástico do que peixes.

Uma matéria publicada pela National Geographic mostra que nas últimas décadas foram produzidas um bilhão de toneladas de lixo plástico, sendo que apenas 9% desse material descartado é reciclado; o restante (91%) demora cerca de 400 anos para se decompor na natureza.

Mais do que reciclar, precisamos diminuir a quantidade de plástico descartado no meio ambiente. É nessa perspectiva que atua a start-up londrina Skipping Rocks Lab. A empresa desenvolveu uma tecnologia que batizaram de Notpla – um material feito a partir de algas marinhas e outras plantas.

Com essa tecnologia, fabricam embalagens que “desaparecem naturalmente” em cerca de 6 semanas. Essas embalagens são comestíveis e sugeridas para substituir o uso de plástico.

Os idealizadores do projeto sugerem que o Notpla pode ser utilizado para armazenar qualquer tipo de líquido, sendo ideal para uso durante competições, como corridas e ciclismo, e para grandes festivais, onde o descarte de plástico é relativamente grande.

Recentemente, os organizadores de uma maratona em Londres distribuíram isotônico aos competidores em cápsulas feitas com a tecnologia, o feito foi um sucesso, provando que a substituição ao plástico já é viável.

 

 

Fonte(s): Notpla, Virgin Money London Marathon, Ciclo Vivo
Daiane Oliveira
Redatora, feminista e mãe. Discute religião, política, sexo e hábitos sustentáveis. Não discute futebol porque não entende. Quem sabe um dia.

Tá na rede!

Quero mais!

Veja mais artigos!

Em caso de chefe
clique aqui