• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Vai, planeta!

Você sabia? O caminhão de gás troca seu Óleo Usado de cozinha por Sabão Biodegradável

O projeto já funciona desde 2014 e em mais de 100 cidades.

Como você descarta o óleo de cozinha usado? O ralo da pia é o pior destino que ele poderia ter:

  • entope a tubulação (tanto residencial quanto os esgotos);
  • se chega às estações, encarece o tratamento da água;
  • e se esse óleo vai parar diretamente nos rios, mares e oceanos, tem alto poder de poluição – cada litro de óleo contamina cerca de 20 mil litros de água.

A maneira correta de fazer o descarte é armazenando o óleo já frio em garrafas de plástico com tampa e levando até um posto de coleta especializado. Como nem todo mundo sabe onde exatamente tem um posto de coleta próximo (ou mesmo se tem um) e especialmente pela ausência de hábitos ecologicamente corretos – pelos mais variados motivos, o óleo acaba sendo descartado de maneira inadequada.

Uma iniciativa das empresas Ultragaz, Bunge e do Instituto Triângulo tem mudado isso em mais de 100 cidades na Bahia, Ceará, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e São Paulo. O projeto “Junte Óleo: Ultragaz Coleta, Soya Recicla”, desde 2014, troca óleo de cozinha usado por sabão ecológico.

Funciona assim: você armazena o óleo de cozinha já utilizado em garrafas PET e, quando completar 2 litros, troca por duas barras de sabão 95% biodegradável. A troca pode ser feita nos pontos cadastrados das cidades participantes. Caso queira comodidade, é possível entregar aos funcionários da Ultragaz, quando o caminhão com faixas indicativas, que falam sobre o projeto, passar na sua rua.

Esses litros com óleo são encaminhados para o Instituto Triângulo, que produz o sabão com parte dos resíduos e destina a outra parte para produção de biodiesel. As garrafas PET já vazias são enviadas para reciclagem em usinas credenciadas, garantindo que tudo tenha um destino ecologicamente correto.

Segundo a assessoria da Bunge: “Os caminhões que recolhem os óleos já têm a pedra de sabão e os funcionários entregam as barras quando pegam as garrafas de óleo. Já no caso de pontos de coleta fixos (revendedores Ultragaz, mercados, igrejas, escolas), os sabões ficam disponíveis para troca apenas em pontos que também atendem consumidores finais (com exceção de bares e restaurantes).” Para consultar se sua cidade faz parte do programa é só acessar o site Soya Recicla.

 

Fonte(s): Ultragaz, Soya, Ciclo Vivo
Daiane Oliveira
Jornalista, feminista e mãe. Discute religião, política, sexo e hábitos sustentáveis. Não discute futebol porque não entende. Quem sabe um dia.

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui