• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Vai, planeta!

‘Bebedouro para cachorro’ faz sucesso na internet mas não é recomendado ao animal

Além de ser ecologicamente incorreto.

Quando a tecnologia resolve dar uma passeada pelo universo dos pets, centenas de novidades para nossos amigos peludinhos encantam nossos olhos (e assustam os bolsos).

O novo produto que vem conquistando a internet mundo afora é um bebedouro canino, onde o próprio dog aciona a saída de água, que é liberada por um esguicho, no melhor estilo “bebedouro” para humanos.

Legal né, só que não! Entenda a polêmica envolvendo o produto.

doggie_foutain_sossolteiros

Nomeado como Doggie Fountain (“bebedouro canino“), o produto foi desenvolvido pelo estadunidense Tony Little, em uma tentativa de oferecer água sempre fresca para seu amigo peludo. Inclusive é fácil encontrar diversas versões desse produto pela internet.

A fonte para cachorros não usa eletricidade, o sistema funciona com uma mangueira acoplada na engenhoca, assim que o cão pisa em uma pequena plataforma, a trava se abre, liberando a água. Mas apesar de parecer uma grande sacada, a fonte canina aparentemente apresenta mais males do que benefícios.

Para começar, os cachorros não conseguem beber água da forma como os humanos fazem, eles fazem uma “concha” com a língua para levar água até a boca e nesse padrão “esguicho” a tarefa se torna muito mais complicada, além de prejudicial, já que o animal acaba engolindo muito ar.

O cachorro normalmente bebe água fazendo uma “concha” com a língua.

Além disso, dezenas de comentários realizados na publicação do produto feita pela página do  Insider Pets, alertaram para outros problemas graves, como o risco de queimadura, já que a água pode ficar quente se a mangueira for deixada no sol, bem como o bocal que é feito de metal.

E para concluir a lista de problemas envolvendo o produto, existe o considerável desperdício de água que a invenção pode causar.

Portanto, antes de se empolgar com uma dessas novas invenções que pintam na rede e entregar a saúde do seu cão a ela, dê uma pesquisada antes e consulte a opinião de um especialista, no caso, um veterinário.

Veja o vídeo do produto que, apenas nessa publicação, já ultrapassou as 5 milhões de visualizações:

Fonte(s): Insider Pets, Leads for Dogs - Youtube
Redação - Almanaque SOS
Desvendando o dia a dia. Acompanhe o SOS também pelo Facebook, Instagram e Twitter

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui