• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato

Comes & Bebes

chevron_left
chevron_right

Batata Frita com Amido de Milho: testamos a dica que ganhou as redes

Batata frita é sempre deliciosa, mesmo quando dá errado.

Monique Duarte Publicado: 17/06/2020 11:40 | Atualizado: 17/06/2020 12:05

Batata frita com amido de milho é a nova tendência da internet. Mas será que funciona mesmo? Resolvemos testar; detalho tudo no artigo a seguir.

Existem diversas variações e combinações de prato com batata. O legume pode ser cozido, ensopado, assado, virar purê, pão, bolo, escondidinho… mas, convenhamos, o estado mais desejado e aclamado é a batata frita.

A batatinha frita vai bem com vários alimentos e até mesmo pura. O negócio é que as batatas de fast-food são ainda mais deliciosas e crocantes, o que é difícil conseguir em casa. Claro que o SOS já desvendou esse mistério, com dois métodos: técnica do vinagre ou fritando duas vezes.

Eis que uma nova receita surgiu na internet prometendo toda essa crocancia, utilizando um velho conhecido das gambiarras domésticas: o amido de milho.

A ideia parece boa demais para ser verdade. Por isso, arregacei as mangas para ver se realmente funciona. Não vou dar spoiler – se quiser saber se deu certo, corre no final do artigo! Agora, vem comigo:

 

Passo a Passo

Ingredientes:

• Batata (quantidade a gosto);

• Amido de milho (suficiente para cobrir as batatas).

 

Modo de preparo:

Depois de lavadas, descasque as batatas e corte-as em palito.

Lave bem e seque com um pano de prato limpo ou papel toalha

Deixei uns 5 minutos enroladas no pano de prato.

Misture o amido de milho nas batatas.

Congele as batatas, assim elas ficam com a textura parecida com as de fast food (ou industrializadas).

Nem todas as receitas pedem para congelar; eu testei sem levar ao congelador e ficou murcha.

Com o óleo bem quente e suficiente para cobrir a batata, frite-as e escorra bem.

Prontinho!

 

Vale à pena ou não?

Não muito.

A receita promete batatas crocantes iguais de fast-food, mas da primeira vez que realizei a receita as batatas ficaram murchas, não gostei muito. Mas como sou brasileira e não desisto nunca, da segunda vez eu congelei e deu um pouco mais certo. Pois é, um pouco. As batatas continuaram com uma textura caseira.

Mas a verdade é que batata frita é sempre deliciosa, mesmo quando dá errado.

Batata frita igual fast food – o que funciona: além de fritar duas vezes ou usar a técnica com vinagre, uma dica que ninguém lembra de dar – e que preferi não seguir, pois a receita não sugeria – é usar Batatas Asterix, ao invés da convencional. E, claro, a fritadeira elétrica também dá uma bela ajuda.

Fonte(s): Instagram/@receitas_e_dicas_oficial
Monique Duarte
26 anos, jornalista, sonhadora que ama comer e dormir! Se cariocas não gostam de dias nublados, ela nasceu no lugar errado.

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui