• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Atitude Coletiva

chevron_left
chevron_right

Barbudos não são tão “bacanas” como se pensava, revela pesquisa

Apesar de superestilosos, homens de barba podem ser mais mentirosos, infiéis e briguentos.

Aparecer de barba não é mais sinal de desleixo ou pouco caso com o visual. Pelo contrário! O rosto barbado está em alta, deixou os seus adeptos mais atraentes e moderninhos – quem diria.

superman_barba_sososlteiros

– Super conservador.

Mas uma nova pesquisa sobre o tema abalou as estruturas dos barbudos, constatou que ter barba pode não ser tão legal assim.

Apesar do sex appeal provocado por esse look, a pesquisa, realizada no Reino Unido pelo site Eva, descobriu que os barbudos mentem mais, são infiéis e ainda adoram entrar em uma briga.

Dentre os participantes do estudo que chamou a atenção pelo mundo, 45% dos homens com cavanhaque já tinham se metido em alguma confusão, contra 29% dos caras de peles lisas, que garantiram serem da paz.

Agora quando o assunto é falar a verdade e ser fiel, pasmem: cerca de 47% dos barbudos já pularam a cerca, quase a metade dos entrevistados! E apenas 20% dos homens sem barba admitiram já terem traído.

Fica a dúvida: seriam os barbudos, na realidade, os mais honestos?

invisivel_sososlteiros

– Eu estou invisível.

Fora isso tudo, a pesquisa ainda mostrou que a maioria das mulheres, pelo menos as britânicas, ainda preferem os caras que tiram os pelos do rosto. Para muitas delas, barbas podem ser sinônimo de sujeira e falta de cuidado pessoal.

Entre outras palavras, elas curtem os looks barbados na fantasia, mas na prática consideram o visual incômodo – 65% delas não aprovaram esse símbolo de masculinidade.

Por não se tratar de um estudo propriamente cientifico, não se pode afirmar com certeza que os pelos no rosto influenciam dessa forma no comportamento masculino. Mas que tem um fundinho de verdade…

Fontes: Eva | Mic

Imagem de capa: rijekapubkviz

Felipe Gatto
Jornalista apaixonado por viajar e se aventurar por aí. Pensar na vida, defender o amor e falar sobre artes também é comigo mesmo.

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui