• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Sinta-se Bem

ATENÇÃO: Incenso pode ser mais nocivo que cigarro, aponta estudo

Fumaça de incenso pode ser tóxica e até causar câncer.

Quem nunca recorreu àquela fumacinha perfumada em dias estressantes, quando o que você mais quer é chegar em casa e relaxar? Seja para atrair bons fluídos e afastar más energias ou apenas para esconder o cheiro da marofa aromatizar o ambiente, muitos apostam no incenso.

incenso_sososlteiros

O problema é que a fumacinha perfumada pode ser uma vilã para a nossa saúde, tão ou ainda mais prejudicial que o cigarro. Quem diria que o fumacê, usado desde os primórdios das civilizações, poderia causar danos graves e irreversíveis?

Foi o que apontou um estudo realizado pela Universidade de Tecnologia do Sul da China e publicado recentemente pelo periódico científico Environmental Chemistry Letters.

Para os testes, liderados pelo pesquisador chinês Rong Zhou, foram utilizadas amostras de bactérias salmonelas e células de ovários de hamsters, as quais foram submetidas a um ambiente com fumaças provenientes de incensos.

O resultado final apontou mutações no material genético das células e também que as toxinas liberadas pela fumaça estão relacionadas ao desenvolvimento do câncer.

incense2

storgy

Em um comunicado sobre a pesquisa, Dr. Zhou explicou que é premeditado afirmar que o incenso é mais prejudicial que o cigarro, já que as quantidades de amostras utilizadas foram pequenas em relação à variedade de incensos disponíveis no mercado, além do fato de que a fumaça não é tragada como se faz com o fumo.

No entanto, o pesquisador ressalta que diante dos dados levantados, é importante que novos estudos sejam feitos neste campo e que haja uma conscientização maior tanto na comunidade científica como na população.

Aqui no Brasil, a PROTESTE (Associação Brasileira de Defesa do Consumidor), já havia solicitado à Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) a regulamentação para a venda de aromatizadores, o que inclui incensos, essências líquidas e velas perfumadas.

Também foi solicitado um estudo elaborado para avaliar o impacto destes produtos na saúde de quem os utiliza, quando foi constatado por meio de testes e estudos, que ao acender uma haste de incenso, a pessoa fica submetida a mesma quantidade de benzeno, substância cancerígena, presente em 03 cigarros.

Seja como for, agora quando resolver purificar o ambiente, maneire na fumacinha, afinal prevenir ainda é o melhor remédio.

 

Fonte: Revista Galileu

Waldirene Biernath
Paulistana. Geração Y. Filha única. Jornalista. Apaixonada por livros, música, séries, café, chocolate e pão de queijo.

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui