• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Setor Bugiganga

O seu iPhone está lento? Polêmica destrói a credibilidade da Apple com seus usuários

Aparelhos apresentam muita lentidão e a culpa é da própria empresa.

Novos modelos de iPhones surgem no mercado com uma velocidade incrível e enquanto uns correm para comprar o novo smartphone do momento, a maioria resiste e se contenta em ficar com o modelo mais antiguinho mesmo.

Mas o esforço da turminha econômica pode ser em vão. Isso porque a Apple está induzindo seus clientes a desembolsar uma boa grana na compra de um novo aparelho, simplesmente fazendo com que os antigos não funcionem direito.

– Apple, eu vejo o que vocês estão fazendo aqui.

Lá em 2016, a empresa declarou o “prazo de validade” de alguns de seus produtos, alegando que um iPhone, por exemplo, poderia funcionar perfeitamente por cerca de 3 anos. Mas parece que não é bem assim.

Como descobriram essa sacanagem prática?

De acordo com o site Business Insider, há algum tempo as pessoas começaram a perceber que quando faziam a troca da bateria de seus iPhones mais antigos, elas melhoravam consideravelmente a performance do aparelho.

A notícia, que surgiu primeiramente entre os membros do fórum Reddit, logo foi confirmada através do conhecido “teste Geekbench“, criado pelo desenvolvedor John Poole e considerado o teste mais usado para se medir a velocidade dos aparelhos da Apple.

Segundo Poole, com o desgaste da bateria, a Apple introduz uma mudança no aparelho que diminui a eficiência de seu processador, deixando o celular mais lento. Propositalmente!

O fato da empresa causar determinados danos aos celulares antigos para obrigarem os usuários a conseguirem modelos recentes já havia sido questionado anteriormente, já que muitas pessoas começam a encontrar problemas em seus aparelhos após as atualizações de sistema operacional recomendadas, porém, ainda não se tinha uma prova de que isso era possível, até então.

Mas por que a Apple faz isso?

Diante da descoberta, a Apple não encontrou outra saída que não fosse assumir o que a galera do Reddit e Poole estavam afirmando.

Em nota enviada ao Business Insider, a empresa declarou que desde 2016, ou seja, no mesmo ano que divulgou os prazos de validade de seus produtos, ela vem diminuindo propositalmente a velocidade dos celulares que possuem uma bateria mais antiga, como os modelos 6, 6S, SE e 7 – sim, os aparelhos que até ontem eram novinhos!

De acordo com a empresa, a verdadeira intenção dessa tática não é obrigar seus usuários a fazerem a substituição do aparelho, mas evitar que a bateria sofra picos de energia, não aguente a pressão e desligue. 🤨

Grosseiramente, a empresa quis dizer que faz os celulares ficarem mais lentos como uma forma de dizer aos usuários “hey, pessoal, é hora de substituir a bateria!“. Ah tá.

Será que é isso mesmo?

Para o desenvolvedor do teste Geekbench, John Poole, não.

Segundo o especialista, o fato da empresa prejudicar o funcionamento dos aparelhos fará com que pensemos em trocar o celular e não apenas a bateria, ainda mais porque essa possibilidade técnica não é difundida pela empresa.

Além disso, se a intenção da empresa era essa mesma, evitar que a bateria sofra uma pane e o aparelho “morra”, porque essa iniciativa foi feita na surdina, sem o conhecimento dos usuários da Apple? 🤔

E tem mais… muito mais!

A grande questão é que, após a confirmação de todo esse esquema, as teorias de conspiração envolvendo a gigantesca empresa ganharam ainda mais força, e não é pra menos.

Se a Apple foi capaz de ocultar essa informação de seus clientes, o que mais a empresa poderá estar ocultando? Por que acreditaríamos em suas intenções, já que foi preciso ser pega quase em flagrante para assumir a tática? O que nos garante, que todo esse esquema já não está sendo feito há muito tempo e não apenas de 2016 para cá?

E ainda mais, todo o lance de privacidade e de armazenamento de dados, que a empresa jura utilizar apenas para a melhor experiência de seus usuários, será que é só isso mesmo?

Por exemplo, há algum tempo publicamos essa matéria sobre como o iPhone cria pastas automáticas para nossas fotos, tendo acesso ao conteúdo privado do nosso celular – incluindo fotos picantes. Quando questionada, a empresa declarou que tudo não passava de um software de reconhecimento e que essa criação de pastas não tinha nenhum objetivo real.

Mas será que a empresa não está escondendo mais alguma informação dos clientes?

Infelizmente, pelo o que podemos observar do comportamento da Apple, só teremos verdadeiras respostas para essas questões quando a empresa for novamente colocada contra a parede com provas incontestáveis de clientes e especialistas no assunto.

E qual foi a resposta da Apple?

Diante do reboliço e da desconfiança causada entre os usuários iOS, Tim Cook, CEO da Apple declarou em entrevista à ABC News, que agora os usuários terão acesso a informações sobre a saúde da bateria do aparelho, coisa que só era possível com o uso de aplicativos de terceiros – como o Lirum Device Info Lite – .

Também irão poder optar se querem que a velocidade seja reduzida em prol da bateria ou não. Ao que parece, vai aparecer um aviso se você quer que o aparelho fique lento ou não. Mas a empresa não ainda não deu maiores detalhes sobre essas ferramentas, nem quando isso vai acontecer.

Além disso, em uma nota publicada no site oficial, a empresa pediu desculpas aos usuários por ter ocultado essa informação e que, além das mudanças, a empresa dará descontos na troca de baterias como forma de recuperar a confiança de seus clientes. Vamos ficar de olho!

Fonte(s): Business Insider, Business Insider, ABC News, Exame, Estadão
Redação - Almanaque SOS
Sempre tem jeito. Acompanhe o SOS também pelo Facebook, Instagram e Twitter

Tá na rede!

Quero mais!

Veja mais artigos!

Em caso de chefe
clique aqui