• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato

Setor Bugiganga

Apertar a barriga desses gatinhos molengas é a nova sensação da internet

Conhecidos como ‘Squishy’, eles estão virando febre no mundo todo.

Dario C L Barbosa Publicado: 19/07/2017 11:07 | Atualizado: 19/07/2017 11:07

Certamente, se você ficou de bobeira na internet nos últimos dias, deve ter visto o vídeo das capinhas de celular com uma foquinha e uns gatinhos molengas em 3D sendo apertados.

Para quem não viu, a gente publicou no Instagram:

Na realidade, essa capinha de celular é uma das versões do novo “brinquedo” fenômeno da Ásia, chamado de “Squishy“, algo como “molinho”. O produto é feito com uma pasta especial, que pode ter tanto um aspecto mais gelatinoso, como o gatinho, quanto mais esponjoso, igual aquelas bolinhas usadas na fisioterapia.

Na real, essa segunda é a função original para qual o produto foi criado, trabalhar as articulações e ter funções de relaxamento e antiestresse. Mas aí vieram os japoneses e deixaram tudo mais divertido, criando os formatos mais fofos do mundo, como bichos, comidinhas, etc.

As versões gelatinosas, as que bombaram nas redes, são indicadas mais como antiestresse e antiansiedade e aderem em vários tipos de superfície, pra você apertar o quanto quiser, onde estiver.

Aos poucos, os Squishy estão se tornando objetos de desejo no mundo todo e alvo dos colecionadores. Você pode comprar o seu na internet, a partir de R$5. As capinhas de celular custam a partir de R$10, aqui.

Versão gelatinosa, com Squishy fixado na capa do celular

Versão gelatinosa, com Squishy fixado na capa do celular

Vesões gelatinosas, fixadas na capa do celular.

Versão Esponjosa

Versões esponjosas

Versões chaveiro dos Squishys esponjosos

Fonte(s): Donna, Novas Stuffs - Facebook
Dario C L Barbosa
Fundador e editor do Almanaque SOS. Paulistano, formado em Comunicação Social, trocou os anos em redes de rádio e televisão pela internet em 2012. Vegetariano, meditante e ecossocialista na luta por consciência e equidade. ( Twitter - Instagram ).

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui