• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Faz Tudo

chevron_left
chevron_right

Tutoriais para Mulher que deseja reformar a casa sozinha, sem chamar macho

Ao ensinar mulheres como reformar, Paloma fez uma verdadeira revolução!

Os estigmas do que as mulheres devem ou não fazer se fortaleceram ao longo do tempo, inclusive no ambiente de trabalho. Até hoje existem profissões praticamente proibidas para o sexo feminino ao redor do mundo, por exemplo, na ilha de Madagascar elas não podem trabalhar com artes “imorais” enquanto para os homens não há restrições.

O Brasil é um dos 104 países que ainda proíbem mulheres de trabalhar em determinadas áreas, um exemplo disso está no Artigo 390 da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) que define que mulheres não podem ser contratadas em atividades que exigem levantar peso acima de 20kg de maneira contínua ou 25kg de maneira ocasional.

Bom ou ruim, fato que ainda hoje existem “valores” sociais que tentam determinar os papéis profissionais que o público feminino pode desempenhar.

Paloma Cipriano. Mulher na obra, por que não?

Por outro lado elas ganham cada vez mais espaço, um estudo sobre gênero no panorama global publicado pela editora Elsevier comprova que o número de pesquisadoras no Brasil cresceu de forma exponencial, ultrapassando países como França e Estados Unidos.

Dessa forma as conquistas dos movimentos femininos se refletiram em diversas áreas o que favoreceu o protagonismo das mulheres em lugares que antes não eram possíveis. Após o boom da mídia digital, ficou ainda mais fácil a disseminação de pautas feministas.

E a internet foi o meio perfeito para Paloma Cipriano criar oportunidades, para ela as profissões e hobbies “proibidos” para o público feminino nunca foi um impedimento. A jovem ganha a vida fazendo vídeos sobre reformas e decoração de casas.

Paloma bota a mão na massa e não tem medo de aprender, após um curso de alvenaria e acabamentos ela colocou os ensinamentos em prática, mas o que começou como uma forma de ajudar outras pessoas é hoje o ganha pão da mineira de sete lagoas.

O canal já conta com mais de 500 mil inscritos e possui vídeos que passam de 7 milhões de visualizações. Ela já até ganhou um prêmio importante como influenciadora digital do ano (2018) na categoria Casa e Decoração.

“Muitas mulheres nem cogitavam a hipótese de fazer algum serviço de reforma”, conta Paloma que revelou que o canal tem ajudado mulheres de todo o Brasil a se descobrirem e também instiga um estilo de vida diferente.

A youtuber descreveu que a profissão é bem mais reconhecida hoje em dia e que não é mais um território desconhecido. Ela revelou que desde o início já sonhava com o reconhecimento.

Pela repercussão do canal muitos internautas associaram Paloma à pautas feministas já que ela inspira mulheres todos os dias a reformarem sozinhas suas próprias casas.

Ela diz que se considera feminista mas não começou o trabalho para militar, ou coisa do tipo, mas considera a associação com o assunto natural: “Na verdade eu sou muito mais militante na minha vida pessoal, do que no meu conteúdo”, assumiu.

O objetivo atual de Paloma é focar cada vez mais nos vídeos produzidos e fazer com que o canal alcance mais pessoas. Pedimos que ela nos indicasse os cinco vídeos queridinhos dela para aqueles que ainda não a conhecem. Olha só:

 

1. Como fazer uma Piscina (jacuzzi) com uma Caixa d’água

 

2. Como passar Massa Corrida fácil com Rodo e Rolo

 

3. Como fazer um Balcão com Tijolos maciços

 

4. Como assentar Azulejos no Banheiro

 

5. Como fazer um Sofá fácil com três lugares

Rafaela Luiza Garcez
Estudante de jornalismo pronta para desbravar o mundo. Ama cinema e bons seriados, principalmente quando se trata de maratonar. Adora os clássicos, mas não elimina os lançamentos. Também fotografa e toca (ou tenta).

Tá na rede!

Quero mais!

Veja mais artigos!

Em caso de chefe
clique aqui