• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Sinta-se Bem

A polêmica do “Invencionismo” – uma tendência para nunca seguir

Sucesso nas redes sociais traz mais malefícios do que resultados positivos ao corpo.

A cada dia um novo perfil no Instagram é criado indicando treinos físicos postados por pessoas não profissionais, que aconselham o que fazer com o corpo dos próprios seguidores sem nenhum tipo de respaldo ou consultoria médica.

A legenda da invencionista “Após fazermos esse exercício 679 vezes um deu certo kkkk minha vozinha filmando foi uma figura… “E ai vó filmou?” “Ha esqueci só estava olhando” kkk resumo dica do dia: agachamento no salto exercício para levantar a alma e a bunda faça 80 saltos, pode parar para descansar 30 segundos de 10 em 10! Cuidado para não cair”

 

O Perigo!

A nova moda de criar exercícios, conhecida como “invencionismo”, causa lesões corporais, dores prolongadas, além da total perda de tempo e falta de sucesso nos resultados obtidos.

O educador físico e fisiologista Edson Timóteo de Souza ensina que é importante verificar quem é a pessoa que está indicando o programa postado. “Vemos algumas dicas como saltos de alta intensidade. Os exercícios de impacto, sem dúvida, devem ter uma longa preparação de fortalecimento articular ao serem feitos. Um despreparo pode gerar lesões nos joelhos, tornozelos e até na coluna lombar, rompendo tendões, tendinites e lombalgias”, alerta.

“Ao invés de seguir os criadores desses exercícios e colocar-se em risco, o melhor caminho é sempre procurar um profissional de Educação Física. Ele está capacitado para avaliar a sua condição física e prescrever os exercícios adequados para a sua condição atual”, indica o personal trainer Bruno Raphaelian.

120

 

Dicas de Exercícios

Andar de bike e dançar ajudam na queima de gordura. Já a musculação e a ginástica fortalecem o enrijecimento dos músculos e aumentam a massa magra. 30 minutos correndo ou caminhando no parque ou na praia é um ótimo estímulo à saúde.

A importância do alongamento

Alongue-se antes e depois da prática. Não é recomendável alongar-se e rapidamente já correr ou malhar. Ao começar o treino, os exercícios devem ser de baixa intensidade e impacto.

Para quem não tem tempo ou dinheiro

O personal trainer e professor Fernando Mazota, formado em treinamento esportivo pela USP, lista cinco exercícios que podem ser realizados em casa, reproduzindo três séries de 12 a 15 repetições. Você pode utilizar o próprio peso do corpo ou materiais simples, como uma garrafa de areia ou um balde com água para substituir os tradicionais halteres. Veja abaixo:

1. Agachamento

agachamento-final-300x169 cópia

Com os pés paralelos, alinhados na largura do quadril, realize a flexão e a extensão do quadril e dos joelhos, preferencialmente, num ângulo de até 80 a 90 graus de flexão do joelho.

2. Afundo 

afundo-final-300x169 cópia

Coloque um pé à frente do outro como se fosse dar um passo largo. Flexione os dois joelhos formando um ângulo de aproximadamente 90 graus. Depois, faça a extensão de ambos.

3. Stiff 

stiff-inicial-300x169 cópia

Com os pés paralelos na largura do quadril, desça o tronco até a linha da cintura, sem flexionar os joelhos. Depois, retorne à posição inicial sempre mantendo as costas eretas e o abdômen contraído.

4. Ponte

ponte-final-300x169 cópia

Deitado no solo com os joelhos flexionados, eleve o quadril alinhando pernas e tronco, mantendo sempre o abdômen contraído e retorne à posição inicial, sem tocar o quadril no solo durante a execução.

5. Flexão plantar

flex∆o-plantar-inicial-300x169 cópia

Suba na ponta dos pés sem flexionar o joelho e desça até quase encostar o calcanhar no chão. Para aumentar a amplitude de movimento pode-se utilizar um degrau ou superfície elevada.

 

 

Andressa Monteiro
Jornalista, na melhor das hipóteses é um desenrolar de sinceras tentativas à procura de acertos. Faz Pós-Graduação em Jornalismo Cultural na FAAP. Colabora para os sites: Outras Palavras, Jornal GGN, MADMAG, Revista o Grito!, Scream & Yell, PetMag e Portal NAMU. Já trabalhou nos veículos de comunicação Portal Terra e Casal Sem Vergonha.

Tá na rede!

Quero mais!

Veja mais artigos!

Em caso de chefe
clique aqui