• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Sinta-se Bem

A MELHOR NOTÍCIA: Macarrão não engorda e pode até emagrecer, revela estudo italiano

Os participantes da pesquisa não deixaram de comer macarrão e emagreceram com saúde.

Decidido a começar uma dieta e finalmente perder aquela gordurinha do sovaco, você começa a pensar nos alfaces, rúculas e todas as outras coisas verdes que precisa comprar.

Mas vem cá, já pensou que loucura se pudéssemos acrescentar uma boa macarronada nessa dietinha?

Porque isso é como um sonho! Um maravilhoso sonho que se torna realidade.

Pois é isso mesmo, um estudo italiano, feito pelo Instituto Neurologico Mediterraneo Neuromed e publicado pelo site Nutrition and Diabetesapontou que consumir macarrão pode ocasionar numa diminuição do Índice de Massa Corporal (IMC) e também apontar medidas mais saudáveis da sua cintura e do quadril.

Ou seja, segundo a pesquisa, macarrão pode até emagrecer. Mangiare che ti fa bene!

Já fiquei com fome, como assim?

Para chegar a está deliciosa conclusão, os cientistas fizeram uma grande pesquisa com 23 mil voluntários italianos, onde cada um anotava tudo o que comia durante todos os dias.

Após analisar os relatórios, fazer entrevistas, pesar e medir todos os voluntários, constatou-se que quem ingeria a massa com regularidade não estava associado ao ganho de peso, pelo contrário: segundo o estudo, os comilões de macarrão emagreceram em comparação aos números coletados no início da pesquisa.

“Popularmente, o macarrão não é considerado um alimento adequado quando se quer perder peso. Tanto que algumas pessoas chegam a abolir completamente o alimento das refeições quando estão de dieta. Após essa pesquisa, podemos dizer que essa atitude não está correta”, declarou Dra. Licia Iacoviello, uma das envolvidas no estudo.

Nem tudo são espaguetes flores

Se você já estava colocando a água pra ferver e temperando um molho bolonhesa, calma lá!

Os cientistas fizeram um alerta, deixando claro que o estudo todo teve como base pessoas que vivem na região da Itália, com uma dieta quase que exclusivamente mediterrânea, onde se usa muito azeite, frutos do mar e pouca gordura.

Além disso, o macarrão consumido nessa dieta mediterrânea é servido em porções bem menores que, por exemplo, os servidos pelos americanos ou por você quando está na larica, e também não são mergulhados em molhos pesados e gordurosos.

“Estamos falando de um componente fundamental da tradição italiana mediterrânea e não há razão para acabar com isso. A mensagem aqui é que a dieta mediterrânea, consumida com moderação e respeitando a variedade de todos os seus elementos (as massas estão em primeiro lugar), é boa para a saúde”, afirmou a Dra.

massa_sosolteiros

Mas como que o macarrão pode emagrecer, gente?

Os cientistas ainda não sabem afirmar ao certo o motivo do macarrão não ter sido associado com o aumento de peso, e sim, com a diminuição dele, mas tudo indica que a culpada seja a dieta mediterrânea, que é considera uma das mais saudáveis do mundo, rica em carboidratos e pobre em gorduras e carnes.

Não podemos esquecer que as pessoas participantes da pesquisa já levavam essa dieta em sua rotina e a quantidade de carboidratos ingeridos por elas pode sim causar uma grande satisfação, evitando o consumo de gorduras ou outros alimentos desnecessários, o famoso “bateu fominha, vou dar uma beliscadinha em alguma coisa”.

Além disso, o prato mais pesado consumido durante a pesquisa, tinha míseras 86 gramas, ou seja, a pouca quantidade provavelmente é um fator que deve ser levado em consideração para justificar o resultado da pesquisa.

Bom, então já sabe, na sua dieta pode comer um macarrãozinho sim, mas não abuse dos molhos gordurosos e use aquela tão difícil coisa chamada moderação.

Se vai emagrecer, não sabemos, mas com essa dita cuja aí, pelo menos engordar não vai!

Fonte(s): Veja, EurekAlert!, Superinteressante, Science Alert
Dario C L Barbosa
Fundador e editor do Almanaque SOS. Paulistano, formado em Comunicação Social, trocou os anos em redes de rádio e televisão (SBT, Record, Band, etc.) pela internet em 2012. Vegano e meditante, busca evoluir junto com todos os seres enquanto caminham. ( Twitter - Instagram ).

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui