• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Setor Bugiganga

A internet não está sabendo lidar com o novo computador da Microsoft

O primeiro concorrente do iMac feito pela empresa de Bill Gates impressionou todo mundo.

Se teu computadorzinho velho já não está aguentando nem brincar de fazer arte abstrata no Paint, talvez essa novidade da Microsoft vai ganhar seu coração.

A empresa anunciou recentemente o lançamento de seu primeiro all-in-one (quando o monitor é o próprio HD), um computador que se transforma em uma mesa digitalizadora repleta de recursos incríveis.

A galera não poupou comentários.

“O mundo dá voltas, não é mesmo, queridinho?” – Gates, Bill.

Um porta amendoim também seria um belo diferencial, hein?

Conhecido como Surface Studio, o computador veio para concorrer diretamente com o iMac, da Apple. Com design minimalista e uma tela ajustável de 28 polegadas com 13,5 milhões de pixels, a máquina oferece, por exemplo, a ferramenta “True Scale”, que possibilita a visualização de imagens em tamanho real!

Outro recurso que chama a atenção é o Surface Dial, um dispositivo que ao ser fixado na tela (que é touchscreen), cria um seletor para diversos aplicativos do computador, tornando essa função muito mais prática e precisa.

Porém, apesar de todos esses recursos e de contar com um hardware de ponta, o produto decepciona no quesito portas, não há entradas thunderbolt, USB-C e HDMI.

Mas quem liga pra isso quando a gente só quer saber uma coisa: quanto custa?

A única verdade que pode machucar mais que uma mentira.

De quantos rins se faz uma tecnologia de ponta?

Ainda não há previsão de quando o Surface Studio vem ao Brasil. As pré-vendas já começaram a rolar nos “estates” a partir de U$3.000, cerca de R$9.400, aqui.

Embrulha uns três desse para viagem, por favor?

Veja a apresentação (em inglês):

Fonte(s): Techtudo, Tecmundo
Redação - Almanaque SOS
Desvendando o dia a dia. Acompanhe o SOS também pelo Facebook, Instagram e Twitter

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui