• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Atitude Coletiva

chevron_left
chevron_right

A ciência atesta que drogas psicodélicas não fazem mal a saúde (pelo contrário!)

Segundo estudos, ajuda a ‘abrir a mente’ para os sentidos, arte e a ampliar o leque de perspectivas.

Se você nunca usou drogas, não vai ter dificuldade em encontrar um avião na imagem abaixo.

53e921ba67680b1f145c778b7eab5131

Não encontrou, né? Primeiro por ser praticamente impossível nunca ter consumido drogas legalizadas como o açúcar, a cafeína ou até mesmo álcool, presente no inocente xarope pra curar aquela tosse.

E segundo porque não há nenhum avião no gif.

A discussão a respeito da legalidade de algumas drogas é um grande tabu que volta e meia aparece nas manchetes dos jornais quando surge uma nova pesquisa.

E pra aumentar a polêmica, um estudo publicado no Journal Psychopharmacology, afirma que drogas psicodélicas como LSD, psilocibina e mescalina não causam prejuízo para a saúde mental do usuário ou aumento do risco de depressão.

De acordo com o resultado publicado da pesquisa, “não há associação significante entre o tempo de consumo de drogas psicodélicas no passado e o aumento da probabilidade de desenvolver graves distúrbios psicológicos, riscos à saúde mental, pensamentos, planos ou tentativa de suicídio, depressão e ansiedade ”.

Benefícios vs. Polêmica

Há alguns anos a ciência comprovou que a psilocibina, encontrada em alguns tipos de cogumelos, beneficia mudanças de caráter em um indivíduo e ajuda a “abrir a mente” para os sentidos, arte e a ampliar o leque de perspectivas.

psilocibina

victoriadelaluzsazo

Além dessa antiga constatação, e baseados nos resultados recentes, os pesquisadores concluíram que não há lógica em se proibir as drogas psicodélicas com a justificativa de que elas oferecem riscos à saúde pública, sob o pretexto de manter a já falida guerra às drogas.

Eles afirmam que essa batalha perdeu completamente o significado diante do que eles chamam de “provas científicas esmagadoras”, que refutam a ideia difundida de que drogas psicodélicas e a maconha, são perigosas.

O estudo ainda revelou que essas substâncias não causam dependência e não colaboram para causar efeitos adversos graves.

Moral da história

Os pesquisadores relataram não terem ficado surpresos com os resultados já que, nas palavras deles, a ideia de que o uso de drogas causa distúrbios mentais é “absurda”.

Estudos sobre os efeitos desse tipo de substância estão sendo retomados depois de mais de 10 anos sem pesquisas, pelo consenso de que era inseguro conduzir esse tipo de teste. E o mais interessante, com o número de pesquisas aumentando, os psicodélicos estão lentamente se tornando a nova “moda” da saúde mental.

Independente de estudos, nunca use no trabalho. Sério!

tumblr_n6h336TQei1svrhopo1_400

*O SOS não faz apologia ao uso de qualquer substância ilícita.

Imagem de capa: wwwgrafiti

Fonte: The Mind Unleashed

Claussen Munhoz
Gaúcho paulistano. Colorado de nascimento, formado em mundanidades e viciado em inutilidades. Tarado por informação, literatura e churrasco. Roteirista, jornalista e ex-produtor de Hermes e Renato que gosta de estudar e de batata. Só mais um entre tantos meninos perdidos.

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui