• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Comes & Bebes

chevron_left
chevron_right

92% da água de torneira examinada no Brasil têm veneno, revela Ministério da Saúde

Contaminação afeta milhares de cidades; e não tem filtro que resolva.

Dados do Ministério da Saúde mostram que, pelo menos, 1 em cada 4 cidades brasileiras têm um coquetel de veneno na água corrente. Esses dados foram coletados de maneira conjunta entre 2014 e 2017  pela Repórter BrasilAgência Pública e a organização suíça em prol dos direitos humanos Public Eye.

Nesse período, 1.396 municípios (25%) encontraram 27 agrotóxicos nas amostras de água, incluindo São Paulo e Rio de janeiro. Ou seja, todos ( T O D O S ! ) os pesticidas que a legislação atual obriga a testar foram encontrados na torneira dessas cidades – alguns considerados extremamente tóxicos pela Anvisa e outros relacionados ao desenvolvimento de doenças crônicas, como câncer.

O mais preocupante é que o nível de contaminação tem crescido de maneira exponencial. Quando os testes começaram, em 2014, 75% deles deram positivo para a presença de algum tipo de agrotóxico; em 2017 esse número já era de 92%. E o resultado pode ser pior!

No período da pesquisa, dos 5.570 municípios brasileiros, 2.931 (52%) simplesmente não realizaram testes em suas redes de abastecimento.

Infelizmente, a solução está longe de aparecer. Esse ano o governo Bolsonaro autorizou mais de 150 novos agrotóxicos, mesmo os pesticidas proibidos na União Europeia e no resto do planeta.

Como ainda não existem filtros 100% eficazes contra todos os agrotóxicos, é importante saber o que você está bebendo. Descubra se a água da torneira da sua cidade foi contaminada acessando esse link.

Fonte(s): UOL
Daiane Oliveira
Jornalista, feminista e mãe. Discute religião, política, sexo e hábitos sustentáveis. Não discute futebol porque não entende. Quem sabe um dia.

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui