• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Sorria, meu bem

9 Táticas matadoras para peidar discretamente em público

Se peidar em público fosse crime, você seria um fora da lei?

Não pode segurar pum que faz mal“. Se você já ouviu isso da sua avózinha, como explicar pra ela que há regras sociais que nos impedem de alcançar esse tipo de felicidade alívio?

Mas, como sabemos que “regras existem para serem quebradas”, encontramos algumas maneiras de soltar aquela bufa em público disfarçadamente, criadas pelo ilustrador e redator do Buzzfeed, Pedro Fequiere, lá de Los Angeles. Olha só!

 

1. Peidando like Gisele

Conforme caminha nessa grande passarela que chamamos de vida, vá soltando o pumzinho, em pequenas parcelas, a cada close passo dado. Em poucos passos, estará se sentindo bem melhor… diferente de quem estará vindo atrás de você, né?

 

2. Em busca da batida perfeita

Sentiu que tem um peidinho à caminho? Concentre-se e faça algum barulho no momento exato da “bomba”. Uma tosse, uma batida na mesa, enfim, qualquer som que seja mais alto e sincronizado exatamente com a flatulência.

Essa sincronia é importante pois, se o barulho for feito antes ou depois do pum, os olhares se voltaram à você e a vergonha será inevitável.

 

3. CSI Pum

Além do barulho constrangedor, o que te impede de relaxar e liberar os gases é o cheiro? Seja um “detetive olfativo” e procure sempre se aliviar perto de algum banheiro, assim ficará fácil culpar o ambiente por aquele mal cheiro todo.

Use a regrinha #2 para disfarçar o som, e procure um lugar já fedidinho… Um crime sem levantar suspeitas.

 

4. Faça um beatbox… Usando a boca, gente, calma!

Aproveite esse momento que tinha tudo para ser constrangedor como um impulso criativo para produzir arte. Um pouco antes e no momento da liberação dos gases, improvise um beatbox!

Se estiver acompanhado de uma galera, transforme-os em cúmplices do peido, incentivando-os até a cantar junto com as “batidas”. Mas lembre-se, quando sentir que “a hora ‘H’ chegou”, reproduza uns sons parecidos com o pum. Pode ser que até seja aplaudido no final, já pensou?

 

5. Sensual sem ser vulgar

Essa tática serve para qualquer posição. Tudo o que tem que fazer é se certificar que as nádegas estejam bem separadas, liberando caminho total para a escapulida do pum. Você pode ajudar esse processo com as mãos, dando uma abridinha sensual sem ser vulgar na sua bundinha.

 

6. Julgais antes para não ser julgado

Fez um daqueles peidinhos silenciosos, menosprezado até o momento que o cheiro invade o ambiente mostrando todo seu poder de destruição? Não se desespere, apenas aponte ou olhe torto para um estranho que esteja relativamente perto de você.

A descrição será o suficiente para convencer à todos que aquele odor não saiu de um ser tão belo e educado como você.

 

7. She´s a maniac, maniac on the floor ?

 

Tá batendo a vontade? Esteja onde estiver, comece a dançar. O movimento hipnotizante do seu corpo poderá distrair os ouvidos mais atentos e o pumzinho sairá despercebido perante maravilhosa performance. Se for possível, esteja de polainas, vai dar muito mais credibilidade.

 

8. DEP – Derrube e Peide

Derrube propositalmente algo no chão e quando se abaixar para pegar, solte o pum no exato momento que grita um “ai que saco!”.

É importante que após essa tática, você saia do recinto para que o mal cheiro não seja associado à sua figura. A sociedade aceita mais as pessoas estabanadas do quem solta gases, acredita?

 

9. Se nada funcionar…

Se você não sentir segurança para usar nenhuma das técnicas acima, o jeito é contrariar sua avó e segurar o pum. Mas não faça isso por muito tempo. Logo seu estômago começara a produzir sons que podem ser mais altos e mais sinistros do que o próprio pum, e sua máscara poderá cair perante toda sociedade conservadora.

Mas, sério. Não faça isso. Nunca segure um peido, isso faz mal à saúde.

Fonte(s): Buzzfeed, Buzzfeed
Redação - Almanaque SOS
Desvendando o dia a dia. Acompanhe o SOS também pelo Facebook, Instagram e Twitter

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui