• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Crossfit Mental

chevron_left
chevron_right

9 Filmes do Netflix para assistir junto com seu Pai

Histórias que mostram o forte laço entre pai e filhos para todos os gostos.

“Ô pai, a mãe falou que se você deixar, ela também deixa!”

pai_sossolteiro

A gente sabe que pai é sempre o nosso grande heroi. Então que tal passar um momento especial com ele, assistindo um ótimo filme como nos velhos tempos?

Separamos nove longas, disponíveis no Netflix, que combinam com esse momento. Histórias divertidas e comoventes, que mostram o forte laço entre pai e filhos. Mas calma, tem algumas explosões no meio, do jeitinho que nosso velho gosta!

***

Trilogia: O Poderoso Chefão

The Godfather – 1972, 1974 e 1990

Pipocômetro:

vale-pipoca-turbo
Vale Pipoca Turbo: Clássico eterno da história do cinema.

Com uma trama política envolvente e atuações soberbas de Marlon Brando, Al Pacino e Robert De Niro, é um filme de primeiríssima sobre a máfia ítalo-americana, e porque não dizer, sobre família. Quando Don Vito Corleone, chefe de uma grande família criminosa, decide transferir sua posição a um de seus filhos, Michael, uma série de eventos infelizes começa a acontecer. Inicia-se um período de guerra entre as famílias que lideravam Nova York na década de 40 que gerou insolência, deportações, assassinatos e vingança sem fim.

 

Trilogia: Star Wars

Star Wars – 1977, 1980 e 1983

Pipocômetro:

vale-pipoca-turbo
Vale Pipoca Turbo: Clássico, como pai e filho.

Se o teu pai não conhece essa história, ele precisa conhecer. É um dos maiores clássicos de ficção-científica do cinema e, para entender a história inteira, é preciso começar do começo. Ou seja: da trilogia original, de 1977 a 1983. Depois, pode ver o resto.

Luke Skywalker é um jovem fazendeiro em um planeta distante que parte em uma aventura com o velho mentor jedi, Obi-Wan Kenobi. Juntos, precisam salvar a princesa Leia, rebelde que luta contra o império, das garras do cruel Darth Vader, uma das marionetes do Imperador. A missão é destruir a base naval Estrela da Morte, cujo poder bélico é capaz de aniquilar um planeta.

 

A Vida é Bela

La vita è bella – 1997

Pipocômetro:

vale pipoca turbo
Vale Pipoca Turbo: Para chorar e rir, enfim, se emocionar.

Na Itália de 1930, um escriturário judeu chamado Guido (Roberto Benigni, que também assumiu a direção) começa uma vida de faz de contas ao cortejar e se casar com uma adorável mulher da cidade vizinha. Nos anos seguintes, Guido e Dora têm um filho, Giosué, e vivem felizes até que a Itália é ocupada por forças alemãs nazistas. Na tentativa de manter sua família unida e ajudar o pequeno a sobreviver aos horrores dos campos de concentração, Guido passa a imaginar o Holocausto com um grande jogo. Uma história inspiradora e cheia de emoções.

 

Peixe Grande e Suas Histórias Maravilhosas

Big Fish – 2003

Pipocômetro:

vale-pipoca-turbo
Vale Pipoca Turbo:
Elenco incrível e, com certeza, um dos melhores do diretor Tim Burton.

A história gira em torno de um moribundo (Albert Finney e Ewan McGregor) e seu filho, Will (Billy Crudup), que tenta conhecer mais a respeito de seu pai juntando os pedaços de histórias que ele contou ao longo dos anos. Will precisa desconstruir as lendas que o pai inventou ao redor dos fatos para descobrir a verdade. Mas é através desses contos mirabolantes que o rapaz realmente conhece os maiores desejos, falhas e alegrias da vida do pai. O filme é uma deliciosa viagem.

 

Oldboy

Oldeuboi – 2003

Pipocômetro:

vale-pipoca-turbo
Vale Pipoca Turbo: Sensacional, mas pega leve no molho, vai ter muito sangue.

Este filme coreano é tão bom que já foi até “copiado” pelos Estados Unidos. Mas o original, como sempre, é melhor! Um homem comum, Oh Dae-Su, é sequestrado, afastado de seus entes queridos e mantido em uma cela durante 15 longos anos, sem nunca ter tido uma explicação do porquê. Um belo dia ele é liberado com dinheiro, um celular e roupas finas. Embora seu captor tenha um plano misterioso de dor e sofrimento, Oh Dae-Su tem outros planos: o da vingança. Brilhantemente sangrento!

 

Guerra dos Mundos

War of the Worlds – 2005

Pipocômetro:

vale-pipoca-grande
Vale Pipoca Grande: O sofá será pequeno pra você e seu pai.

Um ótimo filme de ação dirigido por Steven Spielberg. Ray Ferrier (Tom Cruise) é um workahólic divorciado e um pai não muito atencioso. Quando sua ex-mulher e o novo marido deixam suas filhas Robbie e Rachel para uma visita de fim de semana, uma estranha, poderosa e alienígena tempestade de raios cai sobre a cidade. Agora Ray deve correr, pois ele participará de uma extraordinária batalha para salvar sua família e o futuro da humanidade.

 

À Procura da Felicidade

The Pursuit of Happyness – 2006

Pipocômetro:

vale-pipoca-grande
Vale Pipoca Grande:
Para provar que você não tem vergonha de chorar na frente do velho.

Porque você vai chorar, e muito. É um dos melhores filmes da carreira de Will Smith, e foi feito ao lado de seu filho, Jaden. É a história real de um vendedor chamado Christopher Gardner (Smith) que, apesar de fazer o melhor que pode, sabe que nunca é o suficiente. Enquanto não encontra sucesso no trabalho, Christopher perde a esposa, a casa, a conta no banco e todo o dinheiro que tinha guardado. Forçado a viver nas ruas com seu pequeno filho, as únicas coisas que Chris não perde são a esperança e a dignidade.

 

Juno

Juno – 2007

 Pipocômetro:

vale-pipoca-grande
Vale Pipoca Grande:
Divertidamente polêmico.

Juno fala da gravidez na adolescência de uma maneira quase leviana. Mas não é exatamente o foco. É um filme divertido, com um elenco de atores cool de Hollywood e várias figuras de pais que servem de inspiração – o pai atrapalhado, o pai preocupado e o pai ansioso. A história acompanha o ano da estudante Juno, que descobre estar grávida de uma noite única com seu melhor amigo, Paulie. Ao invés de abortar, Juno decide optar pela adoção, enquanto segue a vida de colegial normalmente. Seu pai, um cara tranquilo, a incentiva. Sua meticulosa madrasta, não muito.

 

Gigantes de Aço

Real Steel – 2011

Pipocômetro:

vale-pipoca-grande
Vale Pipoca Grande: Seu pai vai vibrar com lutas violentas entre robôs. E você vibrará com ele.

Em um futuro próximo, quando as pessoas não se interessam mais em esportes como boxe, um novo esporte é criado: robôs lutam entre si enquanto são controlados por humanos. É o caso do ex-boxeador Charlie Kenton (Hugh Jackman), que está tentando fazer a vida com esse novo esporte. Quando sua ex-mulher morre, ele descobre que precisa cuida e criar seu filho, Max. Juntos, eles reconstroem um robô que estava aposentado, ficam famosos e muito mais unidos.

 

Maira Giosa
Jornalista de formação e historiadora de coração. Tradutora, crítica de cinema esporádica e autora de artigos acadêmicos escassos. Viciada em livros e doces.

Tá na rede!

Quero mais!

Veja mais artigos!

Em caso de chefe
clique aqui