• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Comes & Bebes

chevron_left
chevron_right

8 Curiosidades sobre Vinhos que todo (novo) adulto deveria saber

Profissional desmistifica a imagem da bebida.

Você é do tipo que adora encher o caneco, mas acredita que vinho é uma bebida cara e frescurenta demais para seu paladar?

O sommelier Rodrigo Bertin, fundador do projeto Vinho+, que busca desmistificar a imagem equivocada que as pessoas têm da bebida, compartilhou com a gente algumas curiosidades que podem mudar sua visão. Olha só!

 

1. Vinho bom é vinho caro?

Segundo o especialista, a afirmação é puro mito. Bertin revela que o vinho é semelhante a comida, cada um tem uma preferência. O que pode ser saboroso para uns, pode não cair bem para outros.

É de costume das pessoas que decidem se arriscar no mundo dos vinhos, seguir indicações de especialistas e isso pode acabar gerando uma experiência frustrada, já que o paladar do especialista certamente não será o mesmo que um “iniciante”, logo o sabor não será tão agradável, diz o sommelier.

“Portanto se aquele vinho de R$ 30 te satisfaz, esse sim é o melhor vinho para você e não há preço que diga que você está errado.” – aconselha Bertin.

“Richebourg Grand Cru”, eleito um dos vinhos mais caros do mundo (15 mil euros)

 

2. Quanto mais antigo, melhor?

Olha só outra mentirinha que nos fizeram acreditar. O profissional revela que atualmente 80% dos vinhos encontrados no mercado foram produzidos para consumo imediato, apenas 5% são aqueles que devem ser guardados por 10 anos ou mais.

Sendo assim, nada de comprar um estoque de vinho e deixá-los reservados com a intenção de torná-los melhores. Você pode tomar um vinho “estragado” no final das contas, revela o profissional.

 

3. “Rolha” de rosca só tem em vinho ruim?

Adivinha só? Essa é outra informação falsa, garante o sommelier. Como falado acima, a maioria dos vinhos são feitos para consumo imediato e a rolha em rosca é capaz de vedar completamente a garrafa, mantendo o frescor do vinho, como se estivesse acabado de sair da vinícola.

 

4. Por que diabos giram o vinho dentro da taça antes de beber?

Para imitar os galãs de cinema? Pagar de entendido? Pura fresura? Nada disso, o especialista revela que esse movimento serve para oxigenar a bebida e, assim, liberar os seus aromas.

Mas o especialista alerta, não fique balançando a taça o tempo todo. Se o aroma já exalou na primeira balançadinha, não há necessidade de repetir o movimento toda hora.

 

5. Para tomar vinho, eu preciso entender de uvas?

O sommelier revela que não acha realmente essencial entender sobre as uvas apenas para quem curte umas taças da bebida. Segundo ele, esse entendimento seria um passo avançado.

Antes de entender sobre as uvas, Bertin revela que seria mais interessante dominar outros parâmetros que envolvem a bebida, como o que é um vinho leve, médio corpo ou um vinho encorpado, por exemplo. Para nossa sorte, o profissional revela tudo isso nos tópicos abaixo.

 

6. O que é vinho Leve?

De acordo com o especialista, os vinhos leves são aqueles fáceis de beber, menos alcoólicos (até 13%) e bastante frutados. Até que não é chegado na bebida, tem maiores chances de saborear com prazer um vinho leve, que não “amarra a boca”.

 

7. O que é um vinho Médio Corpo?

Como o nome sugere, são os medianos, ou seja, nem os muito leves nem os super encorpados. Os vinhos de médio corpo são versáteis, levemente encorpados, possuem uma graduação alcoólica entre 13 e 14%, aromas de frutas maduras e podem ter um leve toque amadeirado, explica o profissional.

Se você já esta achando o vinho leve uma delicinha, talvez seja o momento de arriscar um corpo médio, que tal?

 

8. O que são vinhos Encorpados?

Vinhos mais encorpados são aqueles mais “pesados”, graduação alcoólica mais elevada (mais de 14%), aromas de frutas bem maduras ou compota de fruta e que podem ser bem amadeirados, revela o profissional. Perfeitos para acompanhar carne, por exemplo.

Redação - Almanaque SOS
Sempre tem jeito. Acompanhe o SOS também pelo Facebook, Instagram e Twitter

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui