5 Lições da Ayahuasca para usar nos negócios (e na vida)
  • Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Sem Crise!

chevron_left
chevron_right

5 Lições da Ayahuasca para usar nos negócios (e na vida)

Segundo relato, a experiência muda a forma de compreender o mundo.

Redação - Almanaque SOS Publicado: 06/02/2018 16:09 | Atualizado: 06/02/2018 18:32

O que você diria se existisse um chá capaz de transformar a sua vida, expandindo sua consciência de forma que diversos problemas e travas enraizadas fossem despejados para fora de seu corpo?

A Ayahuasca, também conhecida como Daime, promete esses e outros resultados verdadeiramente transformadores, inclusive em sua vida profissional.

A Ayahuasca é uma bebida feita à partir da mistura de duas plantas de origem amazônica, popular entre as tribos indígenas e muito usada em rituais religiosos devido aos seus poderes de expansão de consciência, oferecendo uma experiência mística única.

Quem consome ou teve alguma experiência diz que ela é capaz de transformar a forma como enxergamos o mundo, outros relatos ainda apontam que o chá faz uma espécie de limpeza de padrões que atrapalham a vida, inclusive alguns bastante problemáticos, como o alcoolismo, dependência de drogas e a depressão.

O uso da bebida para tal fim é antigo, há evidências desde o ano 2.000 a.C. Porém, apenas nas últimas décadas que essa medicina da natureza passou a ser estuda mais a fundo pela ciência.

Ayahuasca sendo preparada

Diversos estudos científicos estão comprovando esses efeitos benéficos do chá. De acordo com este estudo, desenvolvido pelo Instituto do Cérebro da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, apenas uma dose da Ayahuasca é capaz de aliviar os efeitos da depressão instantaneamente, por cerca de uma semana.

este estudo, publicado no site científico Scielo, afirma que o consumo do chá pode apresentar resultados significativos no tratamento de dependências, como o uso de drogas e álcool. Segundo a pesquisa isso acontece pois, ao expandir a consciência, a pessoa se confronta com diversos gatilhos emocionais que culminam no abuso de drogas, como egoísmo, solidão, depressão, etc.

Tendo que enfrentar essas sensações durante os rituais, a pessoa acaba por se desvencilhar de certos padrões. Essa limpeza pode acontecer apenas no inconsciente e também de forma externa, por meio de vômitos, suor e até diarréia. Cada pessoa reage de uma forma diferente. Nenhuma experiência é igual.

O efeito enteógeno da Ayahuasca se deve pela metabolização prolongada do DMT, mas diferente das drogas alucinógenas recreativas, como o LSD, ao fazer uso de suas propriedades existe um trabalho que os xamãs chamam de cura. Por isso a bebida ganhou valor de medicina da natureza.

As respostas e insights que porventura venha a ter, estão no seu interior, no inconsciente. Tudo isso vem à tona durante o ritual, fazendo muitas fichas caírem, muitas peças se encaixarem, muitas questões serem respondidas e por aí vai.

Vale dizer que os rituais são levados a sério; caso tenha interesse na experiência, evite locais que não sinta essa seriedade. Também é importante checar se o local busca saber maiores detalhes sobre o estado mental das pessoas, isso porque o chá não é recomendado para quem sofre de algum tipo de distúrbio mental, como esquizofrenia.

Essa “descoberta do eu” refletirá em um das mais profundas mudanças emocionais e espirituais que existem. Mudanças que poderão impactar não só na sua saúde, mas em todos os campos da vida, inclusive na profissional.

Ayahuasca e o Trabalho

Brandon Evans, jornalista e empreendedor estadunidense, publicou um artigo contando como os 20 rituais de Ayahuasca do qual participou nos últimos 3 anos foram extremamente importantes para sua vida nos negócios.

Ele relata que, graças aos ensinamentos adquiridos com a Força da Ayahuasca, começou a criar modelos empreendedores mais conscientes, colaborativos e coletivos, tentando moldar assim uma realidade onde o patrão, os funcionários, os clientes e o mundo todo se beneficia.

Abaixo transcrevemos as 5 lições que ele aprendeu:

 

“5 lições que a medicina da natureza irá ensinar sobre negócios

1. A concorrência é uma ilusão

“Esta lição vai contra todo livro de negócios que já lemos. Se você ainda não bebeu ayahuasca, pode ser difícil de entender. Uma das mensagens mais claras para praticamente qualquer um que tenha bebido o medicamento é que estamos todos conectados, todos somos um. 

Do ponto de vista das empresas, isso significa que, se você estiver focado em superar a concorrência, você não está focado na maximização do valor da empresa. Curto prazo, há certamente táticas competitivas que podem levar a maiores lucros. A longo prazo, você não está criando um novo valor.

Em vez disso, quando nos concentramos em resolver problemas, desbloqueamos um valor muito maior. É esse valor que realmente faz um negócio sustentável e bem-sucedido ao longo dos anos. Concentre-se em fazer a torta maior para todos, não roubando a fatia de outra pessoa. Você ficará impressionado com a diferença.”

 

2. Líderes protegem os que servem

“Como empresários, estamos em posição de poder. E, como o filme do “Homem Aranha” expõe tão sabiamente, ‘com grande poder é uma grande responsabilidade’. Muitos empresários não estão prontos para essa responsabilidade e são simplesmente gerentes – não líderes.

O medicamento falou-me muitas vezes sobre este assunto. Mas, um de meus xamãs durante muitas das minhas jornadas me ajudou a entender. Quando perguntado o que faz um grande líder após uma cerimônia, ele observou:

‘Um grande líder cuida de todas as suas acusações, seus funcionários e suas famílias. Ele conhece todos os nomes, os nomes dos seus cônjuges, os nomes dos filhos e o que está acontecendo nas suas vidas. Um grande líder nunca pede a um empregado que faça algo que ele mesmo não faria’.

Imagine o mundo em que viveríamos se todos os nossos gerentes atuassem como líderes. Imagine se nosso presidente dirigisse nosso país dessa maneira. Pode parecer muito, mas é a nossa ordem natural. Somente medo e escassez nos impedem.”

 

3. O que você coloca amplifica

“Muitos de nós estão familiarizados com o efeito da borboleta. É a ideia, com validade científica, que quando uma borboleta bate suas asas em um lado do mundo, pode desencadear um furacão no outro.

O conceito de karma também é bastante conhecido. O que muitas vezes não é percebido é que o karma não é um para um. Uma boa ação não desencadeia um resultado positivo. Nossas ações são multiplicadas várias vezes. Em termos práticos, se você é uma empresa e irrita um cliente, esse cliente provavelmente irá levar essa raiva à outra pessoa. Para sua família quando chegar em casa ou para o funcionário do mercado… E agora, as pessoas afetadas farão o mesmo com aqueles que eles encontram.

Como empreendedores, temos o potencial de atingir centenas, milhares ou mesmo milhões em um dia. Pense sobre o efeito que você pode criar pelo modo como você trata seus funcionários, clientes ou nosso mundo. É verdadeiramente infinito. Escolha sabiamente.”

 

4. É uma dança, não uma maratona

“O  negócio é muitas vezes descrito como uma maratona ou uma disputa de prêmios. Nós somos ensinados que empurrar, jogar fora e tomar os socos é o único caminho. Claro, todos os negócios enfrentarão adversidades. Nada de significativo é entregue a nós.

Talvez a maior mudança que eu comecei a fazer com o medicamento é que a vida não é sobre o empurrão, é sobre a atração. Passei minha carreira acreditando que, se eu trabalhasse mais e quisesse mais do que qualquer um, eu teria sucesso. E quando eu encontrei sucesso financeiro desse jeito, não encontrei satisfação.

A realização é encontrada por estar consciente e consciente o suficiente para sentir a atração. O que o seu coração está dizendo? Qual é o propósito da sua alma? Quando respondemos a essas perguntas, o sucesso começa a aparecer de maneiras muito mais poderosas, que nunca imaginamos. Então, dance através da vida, não deixe isso passar.”

 

5. Confiança sempre domina o medo

“Esta é a mensagem central para a experiência ayahuasca, como é para a vida. Quando operamos a partir do medo e da escassez, nós nos limitamos. Quando chegamos de um lugar de confiança e amor, o mundo se torna ilimitado. Talvez isso me faça parecer um hippie, mas nada foi mais claro para mim ao longo da minha recente jornada.

As implicações para os negócios são profundas. Como empresário, pense em quantas decisões você fez porque teve medo. Você está ficando sem dinheiro, sua concorrência está tentando levá-lo para fora, seus clientes não estão comprando  seu produto… Isso não quer dizer que qualquer uma dessas coisas deve ser ignorada. Mas, quando você pensa nas decisões reativas que você fez, como resultado, provavelmente não estavam entre as melhores.

Quando confiamos no universo e entendemos que todos os desafios que enfrentamos estão aqui para nos ensinar, podemos conseguir muito mais. Quando operamos a partir de um poderoso lugar de confiança e amor, podemos ver todo o quadro em vez de apenas o perigo iminente. Confie em si mesmo, confie em seus funcionários e confie no processo. Você não só aproveitará sua vida muito mais, mas você alcançará um verdadeiro sucesso.””

 

Fonte(s): Medium, Santo Daime, Super Interessante
Redação - Almanaque SOS
Sempre tem jeito. Acompanhe o SOS também pelo Facebook e Instagram .

Tá na rede!

Quero mais!

Veja mais artigos!

Em caso de chefe
clique aqui