• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Sinta-se Bem

5 Exercícios para salvar a própria vida em caso de desastres

Se conseguir realizá-los regularmente, as chances de sair ileso são maiores.

O prédio tá pegando fogo, o navio tá afundando e o cachorro assassino da vizinha resolveu correr atrás de você. E agora, José?

Para se livrar de certas situações muito perigosas não é preciso ter super poderes. Existem alguns exercícios simples que podem garantir a sua volta pra casa, são e salvo.

Nos anos 20, o fisiculturista americano Earle Liederman foi pioneiro nos programas de treinamento e condicionamento físico à distância. Ele se tornou uma referência de saúde, na época.

O sucesso foi tanto que o profissional deixou de lado os pesos e supinos para se tornar editor de uma revista especializada em musculação. Ele também escreveu vários artigos e livros sobre o assunto.

No livro Endurence, lançado em 1926, o esportista revelou 5 atividades básicas que, se fôssemos capazes de realizar, teríamos a preparação ideal e aumentaríamos consideravelmente as chances de salvar a nossa vida em caso de situações de risco.

Devido à época em que o livro foi escrito, as recomendações de Liederman são direcionadas apenas aos homens que, segundo ele, tinham a obrigação de saber salvar a própria pele. Mas como os tempos são outros, nada mais justo do que homens e mulheres terem acesso a essas informações.

***

1. Continue a nadar

Segundo o fisiculturista, todos devem saber nadar e o ideal é praticar a atividade por um longo período. O recomendado por ele é conseguir dar braçadas até percorrer 500 metros ou mais. Mas sem parar pra descansar, afinal, você está correndo perigo.

 

2. Corra, Lola, corra

Lierderman também considerou a possibilidade do perigo estar fora d’água. O profissional afirmou em sua publicação que, para aumentar as chances de sobrevivência, a pessoa deve correr o mais rápido possível, por 200 metros ou mais. Você pode não ver muita utilidade nisso, até precisar correr de uma explosão… ou atrás do busão.

 

3. Vâmo pular

O especialista, que deve ter ajudado o vovô de muita gente a manter a forma, declara no livro que o “homem” deve conseguir saltar acima da altura de sua cintura.

 

4. Faça Barra

Essa é outra atividade que vai te preparar para situações de risco. A indicação é fazer barra, levantando o peso do seu corpo com a força dos braços, até que seu queixo encoste no aparelho. Parece fácil, mas não é. Quem quer se salvar deve conseguir fazer isso de 15 a 20 vezes seguidas.

 

5. Segure o peso do seu corpo

Este exercício também tem como objetivo fortalecer os braços. Lierderman indica que se use uma barra mais baixa ou o encosto de duas cadeiras.

Segurando o peso do corpo com os braços esticados, flexione os cotovelos lentamente, desça seu corpo e depois, suba. Para se salvar vai rolar muito suor, pois o especialista diz que seu corpinho deve fazer esse movimento 25 vezes ou mais.

 

O canal do site Art of Manliness produziu um vídeo (em inglês) com essas 5 dicas.

Se ficou com vontade de ver, é só dar o play:

Fonte(s): Youtube - Art of Manliness, Art of Manliness, Bob Whelan
Redação - Almanaque SOS
Desvendando o dia a dia. Acompanhe o SOS também pelo Facebook, Instagram e Twitter

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui